TRÊS LAGOAS| Alunos da Escola Municipal “Gentil Rodrigues Montalvão” recebe atendimento do Programa Saúde na Escola - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

07/10/2021

TRÊS LAGOAS| Alunos da Escola Municipal “Gentil Rodrigues Montalvão” recebe atendimento do Programa Saúde na Escola

©DIVULGAÇÃO
Profissionais da Unidade de Saúde da Família do Bairro Santa Luiza estiveram na manhã desta quinta-feira (07) na Escola Municipal “Gentil Rodrigues Montalvão” em mais uma ação do Programa Saúde na Escola (PSE) com o intuito de aferir a saúde física dos alunos de até 10 anos de idade da Unidades Educacional.

Fortalecendo as políticas públicas para o desenvolvimento pleno dos educandos, o programa promove ações voltadas para prevenção de doenças e promoção de saúde para crianças, adolescentes, jovens e adultos da educação pública brasileira e, para manter a efetividade do programa, a articulação entre Escola e Atenção Primária à Saúde, que é a base do PSE.

De início, todas as unidades de saúde seguirão até o final deste mês de outubro realizando acompanhamento antropométrico de todos os alunos de 0 a 10 anos para identificação de má nutrição e obesidade. “Uma vez identificado algum agravo, os pais serão acionados para encaminhar seu filho à Unidade de Saúde de referência do bairro da escola onde estuda e, assim, ter acompanhamento nutricional pela rede”, explicou a diretora da Atenção Básica, enfermeira Andréia Lima.

O diretor da escola ressaltou que a ação é muito importante, pois a maior das crianças ficou confinada em casa durante um período de 1 ano e meio e isso acarretou alguns problemas de saúde onde se destaca a ansiedade que desencadeia para uma alimentação desequilibrada e em excesso. “Percebemos que muitos alunos no retorno das aulas presenciais adquiriram excesso de peso. O programa vem para somar e muito na orientação das crianças e familiares”, comentou.

A secretária municipal de Saúde, Elaine Fúrio, destacou que “o Programa Saúde na Escola trata-se de uma política pública para promover saúde e orientar sobre prevenção de doenças, com um olhar voltado para os estudantes, sendo que esses passam a atuar como multiplicadores de informações, levando o que aprendem na Unidade Escolar para as comunidades onde vivem”.






ASSECOM

***