Oitava edição do Bonito Blues & Jazz Festival acontece em novembro, conheça a programação - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

14/10/2021

Oitava edição do Bonito Blues & Jazz Festival acontece em novembro, conheça a programação

A 8ª edição do Bonito Blues & Jazz Festival acontecerá nos dias 12, 13 e 14 de novembro próximo. Após algumas alterações de data, finalmente acontecerá mais uma edição do Festival que já é referência no estilo musical no Mato Grosso do Sul, na capital do ecoturismo do país, oportunidade de aliar a boa música às belezas naturais de Bonito e região.

Desta feita, o Festival será realizado no Espaço Cultural do Sesc/Bonito, localizado na rodovia MS 382 na entrada da cidade.

O Bonito Blues & Jazz Festival começa na sexta-feira (12) com a abertura do evento a cargo do Quinteto de Jazz da Sectur by MB, de Campo Grande, que sob a batuta do Maestro Marcos Bezerra executará clássicos da música brasileira transmitindo jovialidade e alegria para amenizar esses tempos difíceis que estamos atravessando, voltando à convivência e encontro com amigos e amantes da boa música. O Quinteto é formado pelo Maestro Marcos Bezerra, saxofone tenor

Cristonildo “Cheirinho” Flores, no trompete, Jeremias Xavier, bateria, Antônio “Pelika” Cesar, no baixo e Romualdo Costa nos teclados.

Na sequência teremos a participação do Alan Almeida Quarteto, de Caarapó, o violonista e cantor Alan Almeida surge como uma das promessas da MPB, recentemente Alan gravou uma música de sua autoria com Roberto Menescal, um dos criadores da Bossa Nova, verdadeiro ícone da música mundial, além de tocar com o famoso quarteto (Jobim, Vinicius, Lyra e Nara Leão), Menescal também acompanhou nomes como Wanda Sá, Sylvia Telles, Lúcio Alves, Maysa, Aracy de Almeida, Dorival Caymmi, Elis Regina, João Bosco, Aldir Blanc e Zizi Possi. Alan estará acompanhado dos músicos Rafael, no baixo, na bateria a participação do Willian Grando, na guitarra, Maurel e nos teclados, Hélio Cruz.

Para encerrar a primeira noite do Bonito Blues & Jazz Festival, teremos a banda Tubarões do Rio Formoso, formada por músicos bonitenses que fará sua segunda participação no BB&JF apresentando um repertório de blues e rock’n roll preparado especialmente para o evento. A Tubarões do rio Formoso é formada por Alexandre Xavier e Álvaro Cavalheiro, ambos nos vocais e backing-vocal, Goga Penha, guitarra, PH Breda, guitarra, Giovan Coutinho no baixo e Luiz Lazzaroto, na bateria.

A segunda noite do Bonito Blues & Jazz Festival inicia com o Duo Crossroads, duo de blues e rock’n roll de Ponta Porã, formado pelos músicos da fronteira Adilson Salim, vocal, harmônica e violão e Augusto Rocha no cajon. O músico Adilson Salim disse, ao blog do Alex Fraga, que “tocaremos músicas das bandas de Mato Grosso do Sul, algumas argentinas e também algumas autorais, como “Copo de Whisky é blues e violão”. Teremos também a parte instrumental com sucessos de Chuck Berry, Creedence e Beatles”.

Dando sequência a 2ª noite do Bonito Blues & Jazz Festival a apresentação estará a cargo do guitarrista douradense Simão Gandhi que aceitou o desafio da organização do festival para fazer uma JAM (que não será após a meia noite...) acompanhado do paraguaio Dominique Bernal, com sua harmônica e saxofone, ambos são virtuoses em seus instrumentos e nos surpreenderão com suas performances, e estão esperando quem chegar no palco para acompanhá-los. Surpresa boa vem por aí...

Encerramento da noite ficará a cargo da Mr. Willye, banda que participou da 1ª edição do BB&JF em 2013 e volta com uma nova formação com seus integrantes tendo formação variada, vindo das mais diversas vertentes e experiências musicais: João Carlos, baixista, já passou pela Big Mama Band e atualmente, além da Mr. Willie, faz parte da banda Fernando Morreu; Victor Hugo é pianista mais voltado ao jazz, Jonathan começou tocando bateria na igreja, mas a amizade com Renato Mendes o levou a conhecer outros gêneros e o levou para a Mendes & Bérgamo e, depois, Mr. Willie. Maurício Kemp é guitarrista formado em jazz, além de ter longa carreira, tendo tocado com grandes nomes, como Sá & Guarabyra e Moacyr Franco, entre outros. É guitarrista do Kemp e fará participação especial com a Mr. Willie em Bonito. Geziel Lopes, saxofonista, tem longa carreira musical. Já Méri Oliveira, voz principal da Mr. Willye, tem formação lírica, cantou em corais na adolescência, tendo começado a cantar na noite como backing vocal da Cassino Boogie, depois, vocal da Big Mama Band.

Na terceira e última noite teremos a abertura com a banda de Campo Grande, Corvo e os Malditos do Cerrado Corvo com Fabio Terra, guitarra e vocal, Marcelo Souza, vocal e guitarra, Zé Fiuza, na bateria e Guilherme Castro, no baixo. E de acordo com as palavras do Fábio Terra, o Corvo, “nós do Corvo e os Malditos do Cerrado estamos muito felizes em participar do Bonito Blues & Jazz Festival, iremos tocar nossa mistura de country-rock e blues-rock com as regionalidades daqui do MS, e mostraremos, também, algumas composições novas.”

Na sequência, a nova sensação da noite campo-grandense, a Sócios Band, que com a voz rouca e impactante da Nath Barros faz o melhor do pop e do blues do MS, Nath está acompanhada dos conceituados músicos Serginho Lima, no contrabaixo, Nini dy Castro na bateira, Davi Galavão na guitarra e nos teclados o jovem Pedro Fernandes. “A união de tanta musicalidade não poderia dar em outra coisa do que música de qualidade”, afirma Nini dy Castro.

Para encerrar a 8ª edição do Bonito Blues & Jazz Festival teremos a participação do percussionista, baterista, cantor e compositor, Caio Ignácio, paulista de nascimento, muito cedo se mudou para Campo Grande, onde desenvolveu sua musicalidade. Logo cedo teve contato com a música erudita e o chorinho, especialidade da mãe. De seu pai herdou o gosto pela música cubana e com a irmã, a cantora Maria Claudia, teve os primeiros contatos com a MPB e a música dos Beatles. Na adolescência era despertado o seu gosto pelo rock’n roll, o pop de Prince e fusion de Miles Davis, além do Reggae de Bob Marley. Caio na voz, percussão e bateria, estará acompanhado dos músicos Juninho, na guitarra, Ana Marcia no baixo e Marien, também na bateria.

O Bonito Blues & jazz Festival se caracteriza por oferecer música de qualidade e contribui para incentivar o turismo, impactando a economia da cidade graças à injeção de capital durante os três dias d0 Festival, comprovados por pesquisas que são realizadas há quatro anos pelo Observatório do Turismo do MS, ressalta Afonso Rodrigues Jr, coordenador do evento.

Será exigido a comprovação da vacina contra a covid-19 ou teste negativo para a covid-19 com 48 h de antecedência do evento e o fornecimento de álcool gel, bem como o uso de máscaras.

A 8ª edição do Bonito Blues & Jazz Festival é uma realização do Instituto Internacional Visão de Vida com apoio institucional do Governo do MS, através da Fundação de Turismo e da Semagro, com patrocínio da FIEMS/SESI, apoio da Prefeitura de Campo Grande, por meio da SECTUR e apoio do FECOMÉRCIO/SESC, tendo como hotel oficial do evento o Sesc Bonito, internet provida pela M2 Fibra Ótica e transportadora oficial a Viação Cruzeiro do Sul. A organização do evento está a cargo da Bolt Produções e La Paloma Eventos.

Serviços

Data: dias 12, 13 e 14 de novembro de 2021

Horário: a partir das 20:00 h

Local: Espaço Cultural Sesc Bonito

Endereço: Av. Pilad Rebuá, s/n, ao lado da sede do Sebrae

Ingressos: R$ 30,00 por dia

***