ARTIGO| Deus adverte o homem - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

04/10/2021

ARTIGO| Deus adverte o homem

Autor: Wilson Aquino*
O mundo parece estar de pernas para cima por conta de ações de homens e mulheres que insistem em viver como bem entendem, criando e interpretando leis para justificar seus anseios, desejos e pensamentos que vão contra até aos mais sagrados princípios morais e espirituais.

Desrespeitam a família, procurando desestruturá-la de todas as maneiras, inclusive da sua formação básica, bíblica e tradicional: pai, mãe e filhos; Desrespeitam a sociedade organizada, a igreja e o pior: afrontam e desafiam Deus, ignorando Seu poder sobre todas as coisas e até Sua existência.

Isto, quando a verdade sobre a existência do Senhor está no interior de todos. Não somente de Cristãos, mas também de ateus e adoradores de outros deuses. A verdade está em todos, latente, adormecida e só aflora e dá testemunho quando o próprio indivíduo se esforça para saber.

O homem e a mulher precisam se conscientizar de que nada ocorre sem o conhecimento Dele, que tudo sabe, que tudo vê, mesmo o mais íntimo e secreto no interior do indivíduo. E como na vida colhemos o que plantamos, é bom que fique claro a cada um, as consequências de seus atos e ações.

Por isso é importante esclarecer que apesar do profundo amor que o Senhor nutre por todos os seus filhos (todo homem e toda mulher que vive, que já viveu e que viverá nesta Terra) Ele é justo e rigoroso no Seu julgamento que fará sobre a vida de cada um, um dia.

Nas Escrituras Sagradas Ele nos adverte sobre todas essas coisas: “Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazer das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo!” (Isaias 5:20).

Desvirtuar e perverter os princípios morais e espirituais e em especial os mandamentos e ensinamentos de Deus levou o ministro evangélico Joe Wright abrir a nova sessão do Senado de Kansas, com a seguinte oração em lugar de um tradicional discurso:

“Senhor, viemos diante de Ti neste dia, para Te pedir perdão e para pedir a tua direção.

Sabemos que a tua Palavra disse: ‘Maldição àqueles que chamam “bem” ao que está “mal“,

e é exatamente o que temos feito.

Temos perdido o equilíbrio espiritual e temos mudado os nossos valores.

Temos explorado o pobre e temos chamado a isso “sorte”.

Temos recompensado a preguiça e chamamo-la de “Ajuda Social”.

Temos matado os nossos filhos que ainda não nasceram e temo-lo chamado “a livre escolha”.

Temos abatido os nossos condenados e chamamo-lo de “justiça”.

Temos sido negligentes ao disciplinar os nossos filhos e chamamo-lo “desenvolver a sua autoestima”.

Temos abusado do poder e temos chamado a isso: “Política”.

Temos cobiçado os bens do nosso vizinho e a isso temo-lo chamado “ter ambição”.

Temos contaminado as ondas de celular, rádio e televisão com muita grosseria e pornografia e temo-lo “liberdade de expressão”.

Temos ridicularizado os valores estabelecidos desde há muito tempo pelos nossos ancestrais e a isto temo-lo chamado de “obsoleto e passado”.

Oh Deus!, olha no profundo dos nossos corações; purifica-nos e livra-nos dos nossos pecados. Amém.”

O que dizer então das inúmeras investidas em todo o mundo como a abominável “ideologia de gênero”, que entre outros objetivos procura perverter as crianças dizendo que elas podem escolher serem meninos ou meninas, independentemente de seus respectivos sexos, masculino e feminino?

A legalização das drogas; a doutrinação nas escolas e universidades; a linguagem neutra na língua portuguesa; as ofensas religiosas e o consumo “social” de bebidas, são outras aberrações que confrontam os ensinamentos e mandamentos de Deus.

Diante dessas e de outras incontáveis perversões do homem nesses últimos tempos, só nos resta, como Cristãos, dobrarmos os joelhos em oração a Deus e implorar o Seu perdão, pedindo que Ele não derrame sobre todos nós a Sua ira.

*Jornalista e Professor.

***