Para enfrentar queimadas, deputado Evander Vendramini solicita instalação de Unidade de Conservação do ICMBio em Corumbá - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

02/09/2021

Para enfrentar queimadas, deputado Evander Vendramini solicita instalação de Unidade de Conservação do ICMBio em Corumbá

deputado Evander Vendramini
O deputado estadual Evander Vendramini (Progressistas) apresentou requerimento em que solicita a instalação de uma Unidade de Conservação (UC) do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) em Corumbá. O pedido foi encaminhado à Presidência da República, com cópias para o Ministério do Meio Ambiente e para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

Em sua justificativa, Evander afirma a necessidade de se desenvolver ações de combate definitivo às grandes queimadas e incêndios no Pantanal sul-mato-grossense, com a instituição, em caráter permanente, da Brigada do PrevFogo em Corumbá. “Todos os anos, nesta época de estiagem, o nosso pantanal sofre com inúmeros focos de incêndios, que, em sua maioria, são criminosos. Como a área de fiscalização é muito extensa, de aproximadamente 97,5 mil quilômetros quadrados, os governos Federal e Estadual não possuem o contingente necessário e suficiente para atuar no combate às queimadas. Falta estrutura pessoal e operacional para localizar os autores e repreendê-los, por isso, essa não tem sido uma tarefa fácil e efetiva”, apontou o parlamentar.

Evander lembra que o Governo Federal já vem investindo a atuando para minimizar os impactos ambientais negativos causados pelas queimadas. “No entanto, a instalação de uma unidade de conservação do ICMBio em Corumbá garantirá a atuação preventiva e agilizará ações de combate a incêndios e catástrofes ambientais que destroem não somente a fauna e flora, como também prejudicam a qualidade de vida de toda a sociedade”, destacou.

O pedido partiu do vereador corumbaense Manoel Rodrigues (Republicanos).

Sobre o ICMBio – O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade é uma autarquia em regime especial, vinculado ao Ministério do Meio Ambiente. O Instituto executa ações do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, podendo propor, implantar, gerir, proteger, fiscalizar e monitorar as UCs instituídas pela União. É também de responsabilidade do ICMBio fomentar e executar programas de pesquisa, proteção, preservação e conservação da biodiversidade e exercer o poder de polícia ambiental para a proteção das Unidades de Conservação federais.

Por: Adriana Viana

***