Micro e pequenos empresários do turismo têm até o dia 05 para se inscreverem em auxílio do Estado, alerta o deputado Barbosinha - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

28/09/2021

Micro e pequenos empresários do turismo têm até o dia 05 para se inscreverem em auxílio do Estado, alerta o deputado Barbosinha

deputado Barbosinha (DEM-MS)
O deputado Barbosinha (DEM-MS) fez um alerta à população, em especial às pessoas físicas e jurídicas do segmento do turismo de Mato Grosso do Sul, com relação ao Programa ‘Incentiva+MS Turismo’ que, após a primeira etapa com a seleção de 612 profissionais para receber o incentivo, teve suas inscrições prorrogadas até o dia 5 de outubro.

Através do Programa o Governo do Estado concede apoio financeiro emergencial, no valor de R$ 1 mil, para guias de turismo, microempreendedores individuais e microempresas do setor turístico visando salvar um dos setores mais afetados pela pandemia do coronavírus.

“Nosso trade turístico sentiu os fortes reflexos que a pandemia trouxe com ela. Sabemos que muitos empresários e guias deste segmento podem se beneficiar com este auxílio e vê-lo com o prazo de inscrições estendido e com mais pessoas podendo ser contempladas é muito bom. Essas ações para recuperação da economia que o Governo fez têm meu total apoio e empenho. É garantia de mais dinheiro para movimentar o nosso turismo. Ganha a população e ganha todo o trade turístico que aos poucos começa a ser retomado aqui no nosso Estado”, avalia o deputado.

As inscrições podem ser feitas no site da Fundação de Turismo. https://www.incentivamais.fundtur.ms.gov.br/).

Guias de Turismo, Microempreendedores Individuais (MEIs) e Microempresas (MEs) deverão seguir o regulamento, preencher a inscrição adequadamente e enviar os documentos no prazo.

O programa faz parte do megapacote de R$ 763 milhões, intitulado ‘Retomada MS’, que está trazendo benefícios, especificamente, para famílias de baixa renda e apoios, incentivos com auxílio financeiro, medidas fiscais e microcrédito orientado para segmentos como bares, restaurantes, turismo e cultura afetados economicamente pela pandemia do coronavírus.

Para implementar o mega-pacote o Estado precisou ter avaliado e aprovado pelos deputados, na Assembleia Legislativa, cada um dos três Projetos de Lei de autoria do Poder Executivo. São apoios e incentivos com auxílio financeiro, medidas fiscais e microcrédito orientado aos setores mais atingidos pela pandemia da Covid-19.

A relação dos 612 profissionais selecionados para a primeira etapa do ‘Incentiva+MS Turismo’ pode ser acessada no link abaixo:


ASSECOM

***