CAPITAL| Marquinhos solicita recursos para reativar ferrovia e viabilizar porto seco - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

22/09/2021

CAPITAL| Marquinhos solicita recursos para reativar ferrovia e viabilizar porto seco




O prefeito Marquinhos Trad cumpre agenda em Brasília nesta quarta-feira (22). O prefeito e equipe técnica serão recebidos pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. Na pauta, projetos estruturantes para melhorar a competitividade logística da Capital, fundamental para novos investimentos.

Marquinhos vai reivindicar a reativação da Malha Oeste, ligação ferroviária de Corumbá a Bauru, passando por Campo Grande, se estendendo a Ponta Porã. Além do transporte ferroviário, o prefeito vai defender a criação do porto seco na Capital, que se transformaria em um entreposto de exportação e importação. O assunto foi pauta do último encontro entre o prefeito e o ministro da Infraestrutura, no dia 11 de agosto, quando Freitas veio a Campo Grande cumprir agenda oficial.

“A Prefeitura concluiu a estrutura do terminal intermodal, às margens do macroanel. A volta dos trens viabilizará a conexão de três modais, rodoviário, ferroviário e aérea no terminal “, reforça o prefeito.

Segundo o secretário Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, a reativação da Malha Oeste é uma alternativa ainda mais viável depois da edição da Medida Provisória 1.075, que fixa um novo marco legal para o transporte ferroviário.

A Medida Provisória, além de permitir a construção de novas ferrovias por meio de uma autorização simplificada , autoriza a liberação para a exploração de trechos sem operação, caso da Malha Oeste , cuja a última concessionária desistiu do negócio.

“Com a entrada em operação da fábrica de Celulose da Suzano em Ribas do Rio Pardo, em 2024, certamente haverá uma forte demanda de cargas, que torna o trecho viável economicamente”, comenta Rudi.

Acompanham o prefeito na viagem à Brasília a subsecretária de Gestão e Projetos Estratégicos, Catiana Sabadin, o secretário Municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio, Rodrigo Terra; e o diretor-presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito, Janine Bruno.

Fonte: Assecom