Caminhoneiros podem ser multados em R$ 10 mil se continuarem paralizações - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

09/09/2021

Caminhoneiros podem ser multados em R$ 10 mil se continuarem paralizações

A liminar da Justiça Federal determina a liberação da BR-163, mas manifestantes também se concentram em outras três rodovias do Estado

Caminhoneiros bloqueiam quatro rodovias de Mato Grosso do Sul - Divulgação/PRF
De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Justiça Federal encaminhou liminar onde estabelece multa de R$ 10 mil por dia caso a BR-163 seja mantida interditada por caminhoneiros.

A penalidade pode ser encaminhada para os organizadores dos bloqueios, no CNPJ ou CPF. Além disso, a PRF alertou que vai solicitar liminar semelhante para as demais rodovias federais do Estado.

Caminhoneiros se concentram em quatro rodovias em Mato Grosso do Sul na manhã desta quinta-feira (9).

Em Paranaíba, 100 manifestantes bloqueiam o trânsito e não há previsão de liberação. Em Eldorado e Naviraí há interdição total, equipes da PRF estão no local para controlar os protestos.

Em Três Lagoas, há um grupo de manifestantes na rotatória do Posto Fiscal, o que gerou acumulo de veículos pesados e caminhoneiros. Contudo, não há interdição do fluxo de veículos.

Equipes da PRF também estão no local acompanhando a movimentação.

Também há mobilizações em São Gabriel, mas sem bloqueio. Em Campo Grande ainda não informações de bloqueios.

Confira as rodovias onde há concentrações:
  • BR-163 — Eldorado, KM 38; e Naviraí, KM 117;
  • BR-158 — Paranaíba, KM 91;
  • MS-306 — Cassilândia e Chapadão do Sul;
  • BR-262 — Três Lagoas, KM 4.
O movimento é organizado dois dias após manifestantes pró-governo pedirem, dentre outras pautas, o voto impresso, fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso Nacional, em diversos atos pelo país.

Conforme informações do Sindicato dos Caminhoneiros do Estado (Sindicam), no início da tarde de ontem (8), houve concentração de ao menos cem caminhões, carretas e até tratores de propriedades rurais em frente ao Posto Dragão, em São Gabriel do Oeste, e outros 50 em Douradina.

Também houve registros de bloqueios em rodovias federais de Goiás, Paraná, Espírito Santo, Santa Catarina, Mato Grosso, Bahia e Tocantins.

No Maranhão, os manifestantes fecharam rodovias em Balsas e a pauta seria protesto contra o Supremo Tribunal Federal, segundo informações da PRF no estado.

Enquanto em Santa Catarina, a PRF computou, na tarde desta quarta-feira (8), ao menos 16 pontos de bloqueio em quatro rodovias federais. No Espírito Santo, há mobilizações em ao menos 10 pontos.

Em Tocantins, a PRF informou que um grupo de pessoas fechou a rodovia em Araguaína, utilizando pneus e um caminhão.

Fonte: CE
Por: Gabrielle Tavares

***