Senador Nelsinho Trad, ao lado do presidente Kassab, inaugura o novo espaço do PSD no Senado Federal - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

31/08/2021

Senador Nelsinho Trad, ao lado do presidente Kassab, inaugura o novo espaço do PSD no Senado Federal

©DIVULGAÇÃO

A liderança no PSD no Senado Federal, sob a coordenação do senador Nelsinho Trad (PSD/MS), inaugurou nesta tarde o novo espaço do partido com o nome Senador Arolde de Oliveira, em homenagem ao parlamentar que morreu em outubro de 2020, aos 83 anos, vítima da covid-19. “Que aqui possa ser um local de união, que a bancada possa cada vez mais crescer e o senador Arolde, onde você estiver, estará aqui conosco em memória”, disse o senador Nelsinho Trad.


Com a participação de cerca de 100 pessoas – entre os 11 senadores pessedistas, o deputado federal Antônio Brito, o presidente da Casa Rodrigo Pacheco (DEM), o ministro Paulo Guedes, o ministro Ciro Gomes e o presidente do PSD, Gilberto Kassab, o novo espaço foi inaugurado para atender o segundo maior partido do Senado Federal (11 senadores) e um dos cinco maiores na Câmara (36 deputados), com expectativas de crescimento para as próximas eleições. “Nelsinho Trad e sua equipe nos oferecem algo extraordinário. Nós completamos aqui 10 anos, um sonho que começou lá na Bahia com Otto Alencar, Paulo Magalhães, e que trouxe no dia de hoje uma bancada com 11 senadores, graças a sua liderança, eficiência, concretizar essa aspiração”, destacou o presidente Gilberto Kassab.


O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, considera um marco importante também para o Senado o novo espaço do PSD.  A liderança do PSD ocupa os gabinetes 20, 21 e 22 da Ala Senador Teotônio Vilela, no Anexo 2 do Senado. Eles manterão a nomenclatura mesmo que sejam transferidos para a liderança de outro partido ou que passem a ser usados para outras finalidades — como gabinetes de senadores. “Os meus cumprimentos a essa grande família do PSD, quero dizer a minha alegria de participar desse evento, da inauguração da liderança de um grande partido no Senado e no Brasil, um marco importante para o Senado também. Essa bela homenagem ao saudoso colega Arolde de Oliveira, me faz refletir o quão é passageira a vida”, comentou o presidente Rodrigo Pacheco.


A filha do Arolde de Oliveira, Marina de Oliveira Menezes, duas netas Luiza de Oliveira Gerk e Letícia de Oliveira Brizola e ex-colaborador do senador, secretário geral do PSD do RJ, Paulo Cesar Viera, participaram do evento. “Ele não foi político melhor do que um pai, minha mãe não pode vir, mas se sente profundamente honrada. A política era sua vida, ele amava tudo isso”. disse a filha Marina e Paulo Cesar Vieira enfatizou que o senador Arolde é era um homem sonhador e ficaria feliz com esse momento.  ​





ASSECOM


***