Programa estima investir R$ 4 milhões em bolsas de estudos - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

03/08/2021

Programa estima investir R$ 4 milhões em bolsas de estudos





O programa Ação de Empregabilidade promove a qualificação profissional e o encaminhamento de jovens e adultos para o mercado de trabalho. Cada vez mais o candidato precisa estar atualizado para conquistar a vaga disputada. Pensando em melhorar a qualidade e competência de conhecimentos o programa Ação de Empregabilidade oferece gratuitamente 480 cursos de Qualificação Profissional na modalidade EaD – Educação à Distância.

São cursos disponíveis por meio de plataformas EaD que visam preparar o jovem que está em busca de sua primeira inserção, e para requalificação do adulto que está em busca de recolocação no mercado de trabalho.

Os principais cursos são:

- Candidato de sucesso – direcionado para o Primeiro Emprego Conteúdo: Português, Matemática, Marketing Pessoal, Redação, Como Vencer a Timidez, Técnicas de Comunicação, Ética Corporativa, Atendimento ao Cliente, Qualidade no Atendimento, Trabalho em Equipe, Gestão de Reclamações.

- Colaboradores de sucesso - reciclagem de colaboradores empregados ou em procura de reinserção no mercado de trabalho Conteúdo: Informática, Conflito Cliente, Mapa Mental, Gestão de Qualidade, Gestão do Tempo, Controle de Projetos, Controle de Compras, Gestão das Reclamações, Estresse na Empresa, Primeiros Socorros e Ginastica Laboral.

- Empreendedor de Sucesso – para visionários com a vocação para empreender Conteúdo: Criar fanpage facebook, Introdução ao E-commerce, Marketing Digital, Empreendedorismo Digital, Youtuber, Elaboração de Contratos, Plano de Marketing, Apresentação de Negócio, Excelência em Atendimento, Finanças Pessoais e Liderança Empresarial.

- Reforço Escolar – preparatório para o Enem Conteúdo: Biologia, Espanhol, Filosofia, Física, Geografia, História, Inglês, Matemática, Português, Química, Redação, Sociologia, Literatura

A meta do programa Ação de Empregabilidade para 2021/2022 é qualificar 10 mil pessoas em cursos gratuitos de primeiro emprego/reciclagem, alcançando a estimativa de R$ 4 milhões em investimentos neste público, reforçando que são de bolsas de estudo.

Em quatro meses de atuação os resultados são positivos na qualificação de jovens na Capital e no interior. De março a julho foram 780 bolsas ofertadas, 580 alunos matriculados, destes 375 jovens já receberam seus certificados de conclusão.

O programa Ação de Empregabilidade qualifica e encaminha os candidatos por meio de ações junto aos parceiros, como Ciee, Portal Abre, Tahto.

Dentro de seu planejamento estratégico o programa projeta atuar nos 79 municípios do Estado. Para isso, o Ação de Empregabilidade está elegendo embaixadores, ou seja, representantes voluntários para atuarem em seus respectivos municípios. Hoje o programa Ação de Empregabilidade já está presente nas cidades de Bela Vista, Caracol, Sidrolândia, Terenos e Bataguassu, qualificando jovens para o mercado de trabalho.

Sobre o Programa Ação de Empregabilidade

Desenvolvido há quatro anos pelo Relações Institucionais, Carlos Roboton, que atua na promoção da qualificação profissional e encaminhamento ao mercado de trabalho. Estes são os dois pilares voltados para o menor e jovem aprendiz atendendo demandas como aprendizagem, estágios ou contratação efetiva. E em 2021, o programa lança a oportunidade desses candidatos se qualificarem gratuitamente por meio dos cursos on-line.

Vale ressaltar que desde 2017, o Relações Institucionais, Carlos Roboton, fomenta em Campo Grande esse trabalho, como por exemplo, o evento de Feira da Empregabilidade, onde nas cinco edições foram 12 mil participantes, que tiveram acesso a mais de dois mil e 500 vagas ofertadas por 30 instituições parceiras.

Por conta da pandemia as seleções acontecem por meio das redes sociais com grupos que otimizam a oferta e procura por vagas, fazendo uma pré-seleção, desta forma, o programa encaminha os candidatos para o departamento de Recursos Humanos das empresas.

O ano de 2021 começou com duas ações, de forma presencial, seguindo todo protocolo de biossegurança para evitar a disseminação do contágio do novo coronavírus. Em uma ação foram 88 vagas ofertadas para contratação efetiva em diversos setores. Já outra ação atendeu a demanda de jovem aprendiz. Foram disponibilizadas 60 vagas, onde mais de mil jovens participaram da seleção.

As ações seguem semanalmente, no trabalho diário em busca de encaminhar o jovem para o mercado de trabalho. O especialista em Relações Institucionais, Carlos Roboton, recebe vagas disponibilizadas dos parceiros. Com isso, divulga por meio das redes sociais, do programa Ação de Empregabilidade, e grupos de emprego, filtra os candidatos interessados e orienta os jovens para que se preparem para a seleção. Tudo acontece de forma on-line diariamente.

“No período da pandemia a regra foi praticar resiliência, tanto para quem procura contratar, quanto para quem busca oportunidade. E neste contexto que estamos vivendo, todos tiveram que se reinventar. Mas, algo não mudou, o mercado sempre procura talentos, porém nem sempre encontra mão de obra com a qualificação necessária”, conclui Roboton.