Policial militar é executado com tiros de pistola na casa de amigo e carro dos suspeitos é encontrado em chamas - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

18/08/2021

Policial militar é executado com tiros de pistola na casa de amigo e carro dos suspeitos é encontrado em chamas

Dono da residência também foi baleado, mas sobreviveu. Tudo aconteceu na noite dessa terça-feira (17), em Dourados (MS).

Elton Moura foi executado em Dourados ©Redes sociais
O policial militar Elton da Silva Moura, de 36 anos, foi executado com tiros de pistola calibre 9 milímetros na noite dessa terça-feira (17), em Dourados, a 210 quilômetros de Campo Grande. Ao lado do corpo dele foram encontradas 16 cápsulas. O crime aconteceu na casa de um amigo de Elton, da mesma idade, que ficou ferido.

Segundo informações do boletim de ocorrência, as duas vítimas chegaram juntas na casa, pouco antes das 21h (de MS). O dono da residência disse ainda à esposa que iriam receber "um cara".

Tiros

Quando a mulher estava no quarto, ouviu o portão sendo aberto e minutos depois um suspeito se aproximou dela, com arma em mãos, pediu o celular e falou que não iria fazer nada com ela.

Em seguida, a mulher ouviu gritos, tiros e o esposo pedindo socorro. Ela saiu do quarto e viu o marido sangrando. Ele então pediu que ela o levasse até a casa do pai, que foi quem o socorreu para o hospital.

A polícia foi acionada e o corpo do policial encontrado na área gourmet da residência, com diversas perfurações. Próximo ao corpo foram recolhidas pela de perícia 16 cápsulas deflagradas de munição 9mm e cinco projéteis.

Suspeitos

Os policiais conversaram com o sobrevivente, que tinha ferimentos no ombro e na cabeça, e este contou que duas pessoas invadiram a casa e, sem nenhuma conversa, passaram a atirar. Ele então correu na rua e a partir de então afirmou não se lembrar mais de nada. Disse ainda desconhecer os suspeitos.

Na área gourmet da casa há câmeras de segurança, porém, a responsável disse que os atiradores levaram a memória onde ficam gravadas as imagens.

O carro usado pelos suspeitos foi encontrado em chamas, as quais foram controladas pelo Corpo de Bombeiros. Nenhum envolvido foi identificado.

'Ficha'

O cabo Moura já havia atuado no Departamento de Operações da Fronteira (DOF) e na Polícia Militar Ambiental (PMA). E, assim como o amigo ferido, já tinha sido preso.

O policial teria envolvimento com contrabando de cigarros e o amigo, com tráfico de drogas. Este último é filho de um policial militar.

Por G1 MS


***