Deputado Capitão Contar convoca motociclistas para manifestação no Dia da Independência - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

27/08/2021

Deputado Capitão Contar convoca motociclistas para manifestação no Dia da Independência

©ARQUIVO
No dia 7 de Setembro, Dia da Independência do Brasil, muitos brasileiros irão às ruas para defender a democracia, liberdade de opinião e protestar contra decisões que consideram arbitrárias tomadas pelo STF (Superior Tribunal de Justiça).

Em Campo Grande, o bolsonarista e Deputado Estadual Capitão Contar (PSL) está organizando a Motociata da Independência, ato que irá reunir centenas de motociclistas com concentração a partir das 8h45, e saída às 9h do Yotedy, localizado na rua Antônio Maria Coelho, n. 6200. A motociata irá percorrer e prestigiar a carreata que também estará acontecendo nesta data, previamente organizada com as lideranças locais. O percurso será de 20 km e irá percorrer o Parque dos Poderes, Afonso Pena, Base Aérea, retornar para altos da Afonso Pena e dispersar às 11h.

“Pela liberdade dos brasileiros, pela democracia e futuro do Brasil vamos para às ruas no dia 7 de setembro mostrar a nossa força! Não podemos nos calar e permitir que rasguem a nossa Constituição e nos coloquem num regime de exceção!” Disse o Deputado Capitão Contar.

Decisões recentes de Ministros do Superior Tribunal Federal, têm causado indignação em grande parte da população. Um dos juristas mais renomados no país, Dr. Ives Gandra Martins, se manifestou sobre as prioridades das decisões que têm atingido unilateralmente apenas conservadores e bolsonaristas: “Houve uma época em que o brasileiro estava com esperança de que nós estávamos combatendo a corrupção. A essa altura tem se a sensação que a corrupção deixou de ser preocupação da Suprema Corte”.

Para ele, as recentes decisões do STF representam interferência nos poderes, ferem a Constituição Federal e geram insegurança jurídica no país. Entre as decisões questionadas estão: abertura de investigações por conta própria, onde os ministros denunciam, investigam e prendem antes mesmo de julgamentos, a desmonetização de sites de conteúdo de direita, ferindo o direito privado de se sustentar, além da prisão do ex-deputado Roberto Jeferson por expressar suas opiniões. Todas as decisões demonstram uma perseguição a pessoas que têm posicionamentos conservadores ou de direita.

ASSECOM

***