Deputado Amarildo Cruz cobra plano de reajuste e reposição salarial aos servidores públicos - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

03/08/2021

Deputado Amarildo Cruz cobra plano de reajuste e reposição salarial aos servidores públicos

deputado Amarildo Cruz (PT)
O deputado Amarildo Cruz (PT) fez um apelo ao Governo Estadual para que seja realizado plano de reajuste e reposição salarial aos servidores públicos do Poder Executivo de Mato Grosso do Sul. O pedido foi feito durante a sessão ordinária desta terça-feira (3).

“A administração do governo Reinaldo Azambuja, desde o primeiro mandato, deixa a desejar com relação à reposição de perdas e ao reajuste salarial. Isso é público, notório e reconhecido. As categorias têm lutado por isso. Nesse sentido, mais uma vez, faço uma cobrança ao Governo com relação ao plano de reposições”, disse o parlamentar.

Amarildo afirmou que os servidores administrativos da Educação são os mais prejudicados. “Uma das mais graves é a situação dos servidores administrativos da Educação, que recebem complemento para atingir o salário mínimo. Precisamos ter um plano no Executivo que possa contemplar essas perdas ao longo dos sete anos”, justificou.

O deputado chamou atenção para o equilíbrio das contas do Estado ao defender o reajuste e as reposições. “É importante dizer que o Estado está em equilíbrio financeiro, e que esse equilíbrio seja levado ao servidor, que é quem faz o Estado funcionar. Se o Estado está em situação tranquila, o servidor também tem que estar”, afirmou.

A líder do Governo na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputada Mara Caseiro (PSDB), falou sobre o pedido feito ao Executivo. “Entendo que o Governo tem preocupação imensa com essa questão. Sabemos que temos a pandemia e não podemos ter aumento de despesas. O Governo está sensível a essa questão. Alguns segmentos precisam e muito, e espero, em breve, que ele possa anunciar, dentro das possibilidades, essas correções e reajustes”, disse.

O deputado Gerson Claro (PP) também disse que o Governo já está debatendo da questão. “O Governo trata desse tema com responsabilidade. O governador já anunciou estudo e a primeira categoria sem dúvida é a Educação, o servidor administrativo merece, assim como todos os setores merecem”, destacou.

ASSECOM

***