BATAGUASSU| Akira recebe investidores interessados em explorar terminal portuário no Município - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

27/08/2021

BATAGUASSU| Akira recebe investidores interessados em explorar terminal portuário no Município

©DIVULGAÇÃO
O prefeito de Bataguassu, Akira Otsubo (MDB) recebeu ontem, dia 27 de agosto, representantes do Grupo Granel, do segmento de madeira submersa.

A visita teve como objetivo discutir a respeito do terminal portuário instalado no município, com a expectativa de exploração do local para o armazenamento e transporte de produção.

Segundo Akira, os representantes da empresa Júnior Pedroso e Vicente Campossano informaram que pretendem investir na região e houve o interesse em realizar o transporte hidroviário por Bataguassu, através do porto que fica às margens do rio Pardo há aproximadamente 30 quilômetros do rio Paraná.

O prefeito explica que o porto foi entregue ao município em meados dos anos 2000 como obra compensatória após o enchimento do lago da Usina de Porto Primavera por parte da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) em benefício ao município, porém, desde sua entrega, o local nunca entrou em operação. Atualmente o porto fluvial está em nome do Governo do Estado, que é o responsável pela manutenção e conservação do local.

Conforme o chefe do Executivo, os empresários comentaram na ocasião que a ideia é promover o transporte de madeira a partir do terminal portuário bataguassuense devido a logística.

Akira solicitou aos empresários que seja enviado ao município um projeto e se prontificou em acompanhá-los em uma agenda em Campo Grande para discutir sobre o investimento com o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck e também com o governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB).

“O porto seria ideal para atender o Grupo Granel, pois possui toda a estrutura necessária para a atividade econômica que eles querem viabilizar no município. Bataguassu é um município de divisa com o Estado de São Paulo, que possui essa estrutura portuária, com o atrativo da hidrovia Tietê-Paraná – acesso direto aos portos de Santos (SP) e Paranaguá (PR). É uma rota para o escoamento da produção feita de forma mais barata, que pode estimular a geração de mais emprego, renda e impostos para o município e possibilitar uma transformação para a região”, destacou o prefeito.

Acompanhou a reunião o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Mário Miguel.


ASSECOM

***