Coxim e Dourados recebem atendimento com o programa ‘Cassems Itinerante’, neste fim de semana - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

16/07/2021

Coxim e Dourados recebem atendimento com o programa ‘Cassems Itinerante’, neste fim de semana

O programa tem o objetivo de amenizar as dificuldades encontradas pela população do interior do estado no acesso à medicina especializada.

©DIVULGAÇÃO
O programa de assistência à saúde “Cassems Itinerante” leva atendimento especializado em Psiquiatria até três municípios neste fim de semana. No dia 17 de julho, em Coxim, os beneficiários serão atendidos pela Nathalia Della. Também, na mesma data, em Dourados, o médico João Gabriel recebe a população.

Criado em 2013, o programa tem o objetivo de amenizar as dificuldades encontradas pela população do interior do estado no acesso à medicina especializada, nos locais onde esses serviços não estão disponíveis, na Rede Própria ou Credenciada.

A viabilização do programa aconteceu após a Caixa dos Servidores perceber a carência de médicos especialistas nestas localidades. O presidente da Cassems, Ricardo Ayache, conta que a falta ou a má distribuição de médicos, que tem sido tema de debates nacionais, levou a Caixa dos Servidores a criar o programa.

“Nós sabemos o quanto sofremos com a ausência de profissionais em nossas regionais e hospitais. Começamos a criar um grupo de profissionais diferenciados, interessados em caminhar conosco neste atendimento itinerante e que, sobretudo, tenham a esperança de minimizar os problemas de atendimento no interior”, ressalta.

Atendida em Sidrolândia, a beneficiária Orcilene Ajala conta que “o atendimento foi bom e eu acho bem bacana ter a possibilidade de consultar com especialista na nossa própria cidade”.

Também atendida em Sidrolândia, Jéssica Diolindo levou o filho para se consultar e, assim como boa parte dos atendidos pelo programa, ela destaca a facilidade de ter o atendimento perto de casa. “Eu gostei muito do atendimento, principalmente por que a gente não precisa se deslocar até Campo Grande. É muito cansativo, principalmente para o bebê. Então, o atendimento vir até aqui é muito bom”, pontua.

ASSECOM

***