COSTA RICA| Município comemora leitos sobrando e aposta em turismo - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

06/07/2021

COSTA RICA| Município comemora leitos sobrando e aposta em turismo

Cidade tem dez leitos disponíveis e não teve perda de receita mesmo com "abre e fecha" de comércio

Prefeito de Costa Rica, Cleverson Alves (PP), fala durante entrevista ao Campo Grande News ©Flávio Augusto
Depois de atingir lotação máxima de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), o município de Costa Rica, a 305 quilômetros da Capital, comemora a estabilização do contágio da covid-19 com leitos sobrando e nenhuma perda de receita, apesar das medidas restritivas. A gestão da pandemia já ganha fôlego com 15 leitos de terapia intensiva e apenas 5 ocupados hoje (6), segundo o prefeito Cleverson Alves (PP).

Em março, a cidade só tinha 10 leitos de UTI e todos ocupados, quando chegou a hora de impor medidas restritivas mais severas, com proibição da venda de bebidas alcoólicas após as 20h. De lá para cá, a estratégia foi avaliar a situação a cada quinze dias para decidir o fechamento ou não do comércio.

O “abre e fecha” inevitável teve a colaboração da população, em especial dos empresários, e foi fator decisivo para chegar a esse momento, na avaliação do prefeito. Isso sem contar com a vacinação, que atingiu 46% da população com a segunda dose de Astrazeneca, Coronavac ou Pfizer e dose única da Janssen, disponibilizada depois de sobrar no estudo dos municípios de fronteira.

“Ampliamos os leitos de 10 para 15. Hoje, além das cinco pessoas em UTI, temos apenas quatro em leitos clínicos. Chegamos a mandar pessoas para Corumbá e Aquidauana por falta de equipamento de hemodiálise nos nossos leitos, mas hoje já temos e estamos para inaugurar um Centro de Hemodiálise também. Foi difícil, mas nós conseguimos chegar até aqui com apoio da população e tivemos superávit, inclusive”, comenta o prefeito.

Turismo

Durante os piores momentos da pandemia, o município teve que suportar não só o fechamento do comércio, mas também a falta dos eventos de esportes de aventura, que movimentavam muito o turismo. Em 2019, a cidade chegou a receber campeonato mundial de mountain bike.

“Já temos planos para retomar e impulsionar o turismo, melhorando a capacidade de receptividade e qualificando mão de obra, porque Costa Rica é a capital dos esportes de aventura”, detalha Cleverson.

Segundo o prefeito, parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) vai ajudar na qualificação dos moradores interessados em se aprimorar para trabalhar não só no turismo, mas também na agricultura, pecuária e outras áreas.
Cachoeira Salto do Majestoso, a 3 quilômetros do centro da cidade de Costa Rica ©Wladimir Togumi/Brasil Ride


Fonte CAMPO GRANDE NEWS
Por: Caroline Maldonado 

***