Seminário Técnico do PNPC orienta gestores públicos para uso do Sistema e-Prevenção - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

24/05/2021

Seminário Técnico do PNPC orienta gestores públicos para uso do Sistema e-Prevenção

Gestores, controladores e demais colaboradores das mais de 18 mil organizações públicas cadastradas em todo o Brasil vão poder esclarecer todas as suas dúvidas sobre o uso do Sistema e-Prevenção, do Programa Nacional de Prevenção à Corrupção, em um Seminário Técnico que será realizado on-line próximo dia 26 de maio, com transmissão pelo canal do YouTube do TCU.

As organizações públicas federais, estaduais e municipais do Brasil receberão orientações técnicas e todos os esclarecimentos necessários para realizarem suas autoavaliações online pelo Sistema e-Prevenção e, assim, obterem seus próprios diagnósticos quanto às fragilidades existentes para se prevenirem contra a fraude e corrupção.

O evento on-line contará com a participação dos coordenadores do Programa Nacional de Combate à Corrupção (PNPC) para explicações detalhadas do uso do Sistema e-Prevenção e de todas as questões a serem respondidas referentes aos mecanismos de prevenção, detecção, investigação, correção e monitoramento, além da parte relacionada à transparência e participação social, dirigida apenas aos órgãos executivos estaduais e municipais.

É importante a participação não apenas dos gestores, mas principalmente dos indicados para preencherem os dados em nome da organização para que possam compreender as funcionalidades do Sistema e-Prevenção e auxiliar o gestor e demais setores da organização durante e após a fase de diagnóstico, de maneira que possam instituir os controles preventivos inexistentes e aperfeiçoar os considerados ineficazes, com o apoio dos instrumentos colocados à disposição (orientações, minutas, treinamentos).

O diretor da Secretaria de Controle Externo do TCE-MS, Eduardo dos Santos Dionizio, destaca a importância da participação. “Esse é um sistema que vai permitir ao próprio gestor diagnosticar, conhecer quais são as fragilidades da sua organização e, a partir disso, tomar medidas corretivas ou até preventivas nesse sentido porque, nós sabemos que muitas vezes, depois que o dano é causado, depois do prejuízo efetivo ao erário público, dificilmente se consegue reaver esse prejuízo e até mesmo punir os responsáveis por esse dano. Portanto, é fundamental que todos os gestores públicos passem a utilizar o sistema no sentido de ter uma ferramenta, que foi desenvolvida pelas redes de controle do Brasil inteiro, para ajudar com que a sua organização pública esteja preparada para fazer o enfrentamento a eventuais atos de corrupção”.

Essa plataforma de autosserviço on-line ficará permanentemente à disposição do gestor para que possa auxiliá-lo no acompanhamento do progresso de sua organização, por intermédio de um plano de ação específico que apresentará sugestões e propostas adequadas às necessidades da sua entidade.

O evento é aberto ao público.  As inscrições podem ser feitas neste no endereço Gestores, controladores e demais colaboradores das mais de 18 mil organizações públicas cadastradas em todo o Brasil vão poder esclarecer todas as suas dúvidas sobre o uso do Sistema e-Prevenção, do Programa Nacional de Prevenção à Corrupção, em um Seminário Técnico que será realizado on-line próximo dia 26 de maio, com transmissão pelo canal do youtube do TCU.

As organizações públicas federais, estaduais e municipais do Brasil receberão orientações técnicas e todos os esclarecimentos necessários para realizarem suas autoavaliações online pelo Sistema e-Prevenção e, assim, obterem seus próprios diagnósticos quanto às fragilidades existentes para se prevenirem contra a fraude e corrupção.

O evento on-line contará com a participação dos coordenadores do Programa Nacional de Combate à Corrupção (PNPC) para explicações detalhadas do uso do Sistema e-Prevenção e de todas as questões a serem respondidas referentes aos mecanismos de prevenção, detecção, investigação, correção e monitoramento, além da parte relacionada à transparência e participação social, dirigida apenas aos órgãos executivos estaduais e municipais.

É importante a participação não apenas dos gestores, mas principalmente dos indicados para preencherem os dados em nome da organização para que possam compreender as funcionalidades do Sistema e-Prevenção e auxiliar o gestor e demais setores da organização durante e após a fase de diagnóstico, de maneira que possam instituir os controles preventivos inexistentes e aperfeiçoar os considerados ineficazes, com o apoio dos instrumentos colocados à disposição (orientações, minutas, treinamentos).

O diretor da Secretaria de Controle Externo do TCE-MS, Eduardo dos Santos Dionizio, destaca a importância da participação. “Esse é um sistema que vai permitir ao próprio gestor diagnosticar, conhecer quais são as fragilidades da sua organização e, a partir disso, tomar medidas corretivas ou até preventivas nesse sentido porque, nós sabemos que muitas vezes, depois que o dano é causado, depois do prejuízo efetivo ao erário público, dificilmente se consegue reaver esse prejuízo e até mesmo punir os responsáveis por esse dano. Portanto, é fundamental que todos os gestores públicos passem a utilizar o sistema no sentido de ter uma ferramenta, que foi desenvolvida pelas redes de controle do Brasil inteiro, para ajudar com que a sua organização pública esteja preparada para fazer o enfrentamento a eventuais atos de corrupção”.

Essa plataforma de autosserviço on-line ficará permanentemente à disposição do gestor para que possa auxiliá-lo no acompanhamento do progresso de sua organização, por intermédio de um plano de ação específico que apresentará sugestões e propostas adequadas às necessidades da sua entidade.

O evento é aberto ao público.  As inscrições podem ser feitas neste link.

A transmissão será feita pelo canal do TCU no Youtube.

ASSECOM

***