PF prende campo-grandense que fraudou assinaturas de juízes federais para manipular processos - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

19/05/2021

PF prende campo-grandense que fraudou assinaturas de juízes federais para manipular processos

Comparsa foi identificado e está foragido

Um suspeito foi preso e o outro está foragido ©ILUSTRAÇÃO
Nesta quarta-feira (19), a Polícia Federal cumpriu mandados em Campo Grande, contra dois homens apontados como responsáveis por ação hacker para manipular processos no PJe (Processo Judicial Eletrônico). A investigação foi feita pela Polícia Federal de São Paulo após juízes detectarem modificações em documentos.

De acordo com a PF, a investigação teve início a partir de relatórios de inteligência produzidos pelo TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região). Dois magistrados da Justiça Federal em São Paulo detectaram modificações em documentos, com uso fraudulento de suas assinaturas, e comunicaram imediatamente a corte, que identificou e neutralizou as ações criminosas no sistema.

Por meio de certificados digitais falsos e contas sequestradas, os suspeitos tentaram obter vantagens pessoais e financeiras, entre outras manipulações. Eles alteravam os nomes de beneficiários em levantamento de valores em processos com tramitação na Justiça Federal em São Paulo.

Além disso, os criminosos utilizaram tecnologias para evitar o rastreamento da navegação, mas a investigação da Polícia Federal identificou os suspeitos em Campo Grande. Um deles foi preso e outro é considerado foragido. Seus antecedentes criminais incluem práticas semelhantes às investigadas na operação, denominada Escalada Cibernética.

Também foi feita busca e apreensão nos endereços dos suspeitos. Pela invasão aos sistemas da Justiça Federal, eles podem responder pelos crimes de uso de documento falso, furto qualificado e invasão de dispositivo informático. O processo tramita sob sigilo.

Por: Renata Portela 

***