Obras de implantação de rede de esgoto beneficiarão mais de 3 mil moradores no Aero Rancho - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

03/05/2021

Obras de implantação de rede de esgoto beneficiarão mais de 3 mil moradores no Aero Rancho

©DIVULGAÇÃO
A Águas Guariroba está realizando a primeira etapa das obras de implantação de esgoto nos bairros da região do Aero Rancho. As obras implantarão cerca de 12 mil metros de rede de extensão de esgoto com a estimativa de beneficiar mais de 3 mil moradores da região. Equipes da concessionária já estão executando as obras que contemplam as principais ruas no setor entre as ruas Taumaturgo, Canutama, rua da Divisão e rua Raquel de Queiroz.

As obras integram um cronograma de ações de ampliação da rede de esgoto realizado pela concessionária. O objetivo é aumentar cada vez mais as ações de modernização e ampliação na rede de coleta de esgoto em Campo Grande, levando saneamento e qualidade em saúde para a população.

Para os moradores do Aero Rancho, as obras representam a chegada de um serviço há muito tempo aguardado, valorização imobiliária e qualidade em saneamento.

“A chegada da rede de esgoto trouxe tranquilidade para os moradores desta região do Aero Rancho após muito tempo de espera. É um setor com um grande número populacional e o acesso a este serviço representa um benefício diretamente voltado à saúde pública e valorização do bairro. São ações resultado de diversas reuniões com a Águas Guariroba e o poder público e graças a essa parceria os moradores estão recebendo esta melhoria”, destaca Jailson Nahban, líder comunitário do Conjunto Aero Rancho setor III.

Além da região do Aero Rancho, as obras de ampliação da rede de esgoto pela concessionária estão sendo realizadas nos bairros Rita Vieira, Vila Nasser, Nova Campo Grande e Jardim Seminário. A estimativa é de que as obras beneficiem mais de 25 mil pessoas com a implantação de mais de 85,8 mil metros em extensão de rede de esgoto.

Atualmente a Capital conta com a disponibilidade de rede de esgoto com o índice de mais de 80% de cobertura da cidade, sendo que 100% do que é coletado recebe tratamento adequado antes de voltar para o meio ambiente.
©DIVULGAÇÃO


Por: Jefferson Gonçalves

***