Governo decreta luto de 3 dias pela morte do deputado Cabo Almi - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

25/05/2021

Governo decreta luto de 3 dias pela morte do deputado Cabo Almi

Reinaldo Azambuja publicou texto de homenagem ao Cabo Almi nas redes sociais

Cabo Almi e o governador Reinaldo Azambuja, durante solenidade pública
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) manifestou nesta manhã pesar pela morte do deputado estadual José Almi (PT), vítima da covid-19 aos 58 anos, na noite desta segunda-feira (24).

Vão ser decretados três dias de luto pelo falecimento, segundo apurado pela reportagem.

Fica sua história a inspirar nossa geração: menino de família de lavradores que vence, torna-se um líder político combativo, pragmático, íntegro nas suas convicções e que, eleição após eleição, via seu mandato se renovar”, declarou o governador em postagem nas redes sociais.

Reinaldo declarou que infelizmente, “covid venceu o deputado Cabo Almi”, usando o apelido do político petista desde que ele entrou para a vida política, vindo do movimento organizado dos praças da Polícia Militar.

“Primeiro foi de vereador em Campo Grande, em 1996. Em 2011 assumiu uma cadeira no parlamento estadual”, lembrou o governador.

“Nossos sentimentos à família e aos muitos amigos e seguidores”, encerra a despedida pública do chefe do Executivo.

José Almi teve a morte anunciada por volta das 23h de ontem, depois de 17 dias internado no hospital da Cassems em razão do contágio pela covid-19. Ainda não há local de velório e sepultamento.

É o segundo parlamentar vítima da covid19. No ano passado, em plena campanha à prefeitura de Naviraí, Onevan de Matos (PSDB), faleceu aos 77 anos A filha dele, Raíza, assumiu a candidatura e ganhou as eleições.



Por Marta Ferreira

***