DOURADOS| Município decreta lockdown e também lei seca por 14 dias - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

28/05/2021

DOURADOS| Município decreta lockdown e também lei seca por 14 dias

Só supermercados, açougues, padarias, farmácias, hospitais e postos de gasolina vão funcionar

©DIVULGAÇÃO
Para tentar frear o contágio da covid-19 no pior momento da pandemia, Dourados (a 233 km de Campo Grande) terá lockdown por 14 dias a partir de domingo (30). O “fecha tudo” segue até o dia 12 de junho.

Apenas supermercados, açougues, padarias, farmácias, hospitais e postos de gasolina vão poder funcionar. Também haverá “lei seca” de 14 dias, com proibição de venda de bebida alcoólica nos supermercados.

Com 225 mil habitantes, a maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul é polo para uma região de outros 32 municípios onde vivem quase 900 mil pessoas.

Responsável pelo atendimento de alta complexidade a todos os habitantes a macrorregião, Dourados está com o sistema de saúde em colapso. Há dois meses os leitos de UTI estão com 100% de ocupação e diariamente são pelo menos 50 pessoas infectadas pelo vírus esperando uma cama em terapia intensiva.

Pior momento

Segundo a prefeitura, a medida mais severa já adotada até agora para enfrentamento à disseminação da covid-19 é necessária diante do agravamento da pandemia, com quase 200 novos casos da doença por dia e média de 50 pessoas na fila de espera por uma vaga de UTI.

“Estamos vivendo um momento importante, porém difícil. Enfrentando um inimigo que é o vírus da covid-19 e lamentando o cenário que não é só em Dourados, mas do Brasil. E se nenhuma medida efetiva for tomada no nosso município podemos perder o controle da situação. Estamos com média de 40 a 50 pessoas na fila da UTI diariamente. Esse é um momento de união”, afirmou o prefeito Alan Guedes (PP).

“Estamos trabalhando, fazendo tudo o que está ao nosso alcance e precisamos passar por esse momento juntos. Entendemos que é momento que a sociedade precisa se unir para juntos oferecermos condições para que o serviço de saúde continue atendendo”, completou.

O secretário municipal de Saúde Edvan Marcelo Morais Marques disse que o número de pessoas contaminadas cresce dia a dia. “Já aumentamos a capacidade máxima de atendimento, abrimos o PAM nos fins de semana para atender mais pacientes, estamos avançando com a vacinação, no entanto, o número de pessoas contaminadas é muito alto”.

Lockdown 

Fica proibida a circulação de pessoas nas vias públicas durante todo o dia. As pessoas só podem sair de casa para ir a supermercados, açougues e padarias, farmácias, hospitais e postos de gasolina, mas é preciso seguir restrições.

Segundo a prefeitura, esses estabelecimentos poderão abrir com apenas 50% da capacidade. Será permitida a entrada de apenas uma pessoa por família. A exceção será caso de família monoparental e pessoas que precisem de acompanhante devido a condições físicas e psicológicas.

Supermercados, açougues e padarias poderão funcionar de segunda a sábado até às 18h. No domingo, o funcionamento será até 14h. As distribuidoras de água e gás podem funcionar de segunda a sábado até 18h. Postos de gasolina e farmácias podem funcionar 24 horas por dia.

Serviços de saúde que atendem urgência, emergência e alto risco funcionam normalmente. Atendimentos eletivos ficam suspensos por 14 dias. Transporte de passageiros e ônibus poderão funcionar para atender pessoas que precisarem dos serviços com 50% de capacidade de passageiros sentados. Conforme a prefeitura, todas as regras do decreto serão publicadas ainda nesta sexta-feira.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Helio de Freitas, de Dourados

***