CAPITAL| Município abre vacina contra gripe para profissionais de saúde acima de 18 anos - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

06/05/2021

CAPITAL| Município abre vacina contra gripe para profissionais de saúde acima de 18 anos

Os demais grupos permanecem - crianças com mais de 6 meses e menos de 6 anos, gestantes e puérperas

Vacina contra a influenza
A partir de hoje (6), profissionais de saúde com 18 anos ou mais podem se vacinar contra influenza (gripe) em Campo Grande. A imunização também continua os demais grupos - crianças que tenham entre seis meses e menos de seis anos de idade, gestantes sem comorbidades e puérperas.

Vale lembrar que se a pessoa tomou vacina contra a covid-19, ela tem de aguardar período de 14 dias entre um imunizante e outro, como forma de evitar efeitos colaterais e garantir total eficácia prevista para as duas doenças.

Estão disponíveis para imunização 62 unidades de saúde, das 7h30 até 17h. Confira abaixo os locais disponíveis para vacinação:

Campanha

Mato Grosso do Sul deu início à vacinação contra a gripe em 12 de abril, enquanto a Capital teve de esperar mais um dia. O Estado, conforme normativas do governo federal, dividirá a imunização em três fases, com previsão de imunizar 900 mil sul-mato-grossenses, o equivalente a 90% do público-alvo dessa campanha.

A primeira fase será até 10 de maio, destinada a crianças, gestantes, mulheres que tiveram filho há pouco tempo, indígenas e trabalhadores de saúde. A segunda fase ocorrerá entre 11 de maio e 8 de junho e imunizará pessoas com mais de 60 anos e professores.

Por fim, a terceira etapa está prevista para 9 de junho a 9 de julho, onde serão vacinadas pessoas com comorbidades ou deficiências permanentes, caminhoneiros, trabalhadores do sistema rodoviário e portuário, forças de segurança e das Forças Armadas, funcionários do sistema prisional, detentos e jovens de 12 a 21 anos que estão sob medidas socioeducativas.

Conforme já noticiado, foram oito mortes pelo vírus da influenza no ano passado, enquanto parcial deste ano não contabiliza nenhuma vítima, segundo dados da SES (Secretaria Estadual de Saúde).

Em oito dias, Mato Grosso do Sul aplicou 34,2 mil doses de vacina contra a influenza, conforme dados do Ministério da Saúde. Até o momento, o Estado recebeu mais de 301 mil doses. Comparando o mesmo período, a imunização contra a covid-19 tem sido quase duas vezes mais rápida que a vacinação da gripe.


Por Guilherme Correia

***