BATAGUASSU| Panfletagem marca combate à violência sexual contra crianças e adolescentes no Município - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

18/05/2021

BATAGUASSU| Panfletagem marca combate à violência sexual contra crianças e adolescentes no Município

Ação faz parte da campanha “Faça Bonito” desenvolvida em alusão ao dia 18 de maio

©DIVULGAÇÃO
Uma panfletagem desenvolvida na região central de Bataguassu, no período da manhã, marcou a passagem do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes lembrado nesta terça-feira, dia 18 de maio. A ação que faz parte da campanha “Faça Bonito” é da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Política para Mulheres, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) em parceria com a rede de proteção ao público infantojuvenil local.

Segundo a coordenadora do Creas, Elaine Kotay Lira, a atividade teve como objetivo repassar informações a população sobre o que é e como acontece a violência sexual, incentivando as denúncias através do Disque 100, Conselho Tutelar ou órgãos de segurança pública. “A ideia é disseminar o tema abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes bem como as formas de prevenção e sobre como denunciar os casos para que haja o rompimento do ciclo de violência”, explica.

Elaine comenta que atualmente a equipe do Creas realiza o acompanhamento de 12 casos de violência praticados contra crianças e adolescentes no município. Do total, 99% dos casos referem-se a violência intrafamiliar cometido em 100% por pessoas do sexo masculino.

“Os dados atuais do nosso município apenas com relação a violência sexual apontam um aumento de 50% dos casos no comparativo de 2020 para 2021. Ao mesmo tempo em que houve a necessidade de ficar em casa por conta da pandemia, esse período também serviu para o aumento de casos de violência contra crianças e adolescentes devido às vítimas estarem convivendo no mesmo ambiente de possíveis agressores – que geralmente são pessoas próximas e de confiança delas”, salienta.

A coordenadora destaca a importância do rompimento do silêncio da vítima assim como da participação da sociedade que pode denunciar possíveis casos de violência. “Qualquer pessoa pode denunciar algum tipo de situação nesse sentido. Através do Conselho Tutelar ou até mesmo pelo Disque 100 em que a denúncia é feita de forma anônima qualquer pessoa pode denunciar tal prática, ajudando assim a combatermos esse tipo de violência”.

A panfletagem contou com a participação de servidores da Secretaria Municipal de Assistência Social, Conselho Tutelar e apoio do Núcleo Municipal de Trânsito e Polícia Militar.

SAIBA MAIS

18 de maio – A data foi determinada como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de 8 anos de idade, que foi sequestrada, violentada e assassinada no dia 18 de maio de 1973. Em Bataguassu, qualquer cidadão pode denunciar tal prática de forma anônima através do Disque 100, Conselho Tutelar (67) 98471-3742, Polícia Militar 190 ou Polícia Civil (67) 3541-1402.




ASSECOM

***