BATAGUASSU| GESTÃO AKIRA: Sala do Empreendedor registra formalização de 57 novas empresas no Município no primeiro quadrimestre de 2021 - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

07/05/2021

BATAGUASSU| GESTÃO AKIRA: Sala do Empreendedor registra formalização de 57 novas empresas no Município no primeiro quadrimestre de 2021

prefeito Akira Otsubo (MDB)
Na contramão dos reflexos negativos da pandemia da Covid-19, um balanço divulgado pela Prefeitura de Bataguassu, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente aponta a formalização de 57 novas empresas no decorrer dos primeiros 120 dias da gestão do prefeito Akira Otsubo (MDB).

A ação é da Sala do Empreendedor, espaço localizado anexo a sede da Secretaria (Rua Rio Brilhante, 405), que tem como objetivo incentivar a legalização de negócios informais que se enquadrem nos requisitos estabelecidos pela Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (Lei Complementar 123/06), legislação esta que visa facilitar a abertura de novas empresas e regularizar as atividades informais e oferecer ainda serviços aos Microempreendedores Individuais (MEIs).

Em relatório apresentado pela Sala do Empreendedor, foram 57 formalizações de empresas divididas entre os segmentos de cabelereiro, promoção de vendas, fornecimentos de alimentos preparados para consumo, comércio varejista de artigos de vestuários e acessórios; obras de alvenaria, transporte de cargas entre outros.

No período, foram realizados mais de 180 atendimentos (entre presencial e online) além da disponibilização de orientações diversas oferecidas de forma gratuita a população.
©DIVULGAÇÃO
O chefe de Divisão da Indústria, Comércio e Serviços, Rafael Muchon, explica que na maioria dos casos, os empreendedores já estavam exercendo a atividade e que, com a possibilidade da formalização, principalmente devido os benefícios como baixo custo tributário, cobertura previdenciária e obtenção de créditos para financiamentos e impulsionamento dos negócios, houve esse expressivo número na formalização como MEI.

“Acredito que a procura pela formalização cresce ao passo que os empreendedores entendem quais os benefícios e a segurança jurídica que trazem ao seu negócio. Em menos de 30 minutos, o empreendedor, que é atendido pela Sala, já está formalizado, com seu CNPJ e pode realizar a emissão de nota fiscal seja para venda de mercadoria ou prestação de serviço", comenta.

Rafael frisa que a quantidade de novos empreendedores no município é o resultado de duas situações: a necessidade da regularização do serviço ou produto oferecido pela microempresa bem como o acesso a benefícios que outrora só eram possíveis com carteira assinada; e o viés empreendedor do município.

"O setor industrial em Bataguassu corresponde por mais de 50% dos postos de trabalho no município. No último trimestre, o nosso resultado não foi favorável em geração de emprego nesse segmento, porém, 25%, ou seja, 1/4 dos postos de trabalho perdidos na indústria foram repostos com a abertura de novas microempresas. Isto significa que o trabalhador e empreendedor está se deparando com novos desafios e tomou um posicionamento de investir em seu próprio negócio como uma forma de manter sua renda, realizar seus sonhos e não menos importante decidiu investir no seu município, acreditando que, ainda, é o melhor lugar para se obter bons resultados", pontua.

Segundo os dados, Bataguassu possui 1. 387 Microempreendedores Individuais (MEIs) em atividade no município.

O prefeito de Bataguassu, Akira Otsubo (MDB) destaca que a formalização das empresas representa desenvolvimento econômico para a cidade. “Como Poder Público, nossa intenção é incentivar e apoiar as micro e pequenas empresas a se fortalecerem, o que se torna importantíssimo para o fomento de geração de emprego e renda no município", destaca o chefe do Executivo.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Mário Miguel ressalta que o papel da Sala do Empreendedor é diminuir a burocracia e dar agilidade aos processos, oferecendo suporte não só aos empresários que já estão fixados no município, mas também aos novos empreendedores que estão buscando a cidade para investir. “A intenção é fomentar cada vez mais o desenvolvimento e apoiar a geração de emprego e renda; o fortalecimento da economia além de oferecer um ambiente de negócios favorável para as micro e pequenas empresas”.

SAIBA MAIS

A Sala do Empreendedor é o resultado de uma parceria entre Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MS). O ambiente fica localizado na rua Rio Brilhante, 405, próximo à praça Manoel Cecílio de Lima (popular praça da Roda). O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas; e das 14 às 17 horas (horário de Brasília). Os serviços são oferecidos pelo Agente de Desenvolvimento Renan Gustavo da Silva Alves.


ASSECOM

***