Sebrae Delas: Programa transforma mulheres em empresárias de sucesso - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

15/03/2021

Sebrae Delas: Programa transforma mulheres em empresárias de sucesso

600 empreendedoras vão ser selecionadas para participar do novo ciclo

Empresária Adriana Morbi, da Padoka da Drika
Adriana Morbi tem 48 anos e é chefe de cozinha. Desde 2019, ela focou todas as energias em um único objetivo: levar sabor e qualidade de vida para quem tem restrição alimentar. Na cozinha de casa, confeccionava pães, bolos e doces especiais, sem glúten ou sem lactose, por exemplo, e cada ingrediente, como o tipo de farinha, podia ser escolhido pelo cliente.

Só faltava coragem para que Adriana formalizasse o negócio e passasse a ter um espaço próprio para a panificadora. A segurança para dar esse passo importante veio a partir do Programa Sebrae Delas, oferecido pelo Sebrae/MS. “Eu já era microempreendedora individual (MEI), só que não conseguia sair de casa. Tinha medo de encarar sozinha o aluguel de um espaço. Desde o início sempre anotei tudo, então, eu tinha todas as informações sobre o meu negócio registradas, mas não sabia compilar isso. Não podia afirmar, com certeza, que eu estava no caminho certo. Foi quando o Sebrae entrou na minha história”, relembrou a empresária.

Com a consultoria recebida, o empreendimento se profissionalizou, Adriana passou a ser microempresária (ME) e, em fevereiro deste ano, abriu a panificadora e confeitaria drive-in Padoka da Drika. Os clientes fazem a encomenda por meio das redes sociais ou Whatsapp e podem escolher se querem receber o produto em casa ou retirar no local. O negócio foi planejado a partir de uma análise financeira e de projeto de viabilidade.

“Posso dizer que foi essencial o Sebrae junto comigo. Você vê no olhar das consultoras aquela vontade de te ver crescer e isso fez toda a diferença. Elas me instruíram, me deram suporte e me ajudaram até na parte emocional. Meu próximo passo agora é colocar meus produtos no Ifood e nos empórios e para isso vou me inscrever para esta nova etapa do Sebrae Delas”, ressaltou Adriana.

O novo ciclo do programa Sebrae Delas oferece 600 vagas para empreendedoras em Mato Grosso do Sul e será realizado entre abril e dezembro deste ano. Voltada para acelerar empresas lideradas por mulheres, a iniciativa aumenta a probabilidade de sucesso de ideias e negócios em vários segmentos de mercado. Por meio das consultorias e qualificações, é possível melhorar os processos e aumentar as vendas.

Mesmo em um contexto onde a pandemia afetou os negócios negativamente, 56% das empreendedoras atendidas no primeiro ciclo do programa, finalizado em outubro de 2020, pontuou um aumento no faturamento em relação ao início do projeto em 2019. Além disso, muitas participantes relatam melhora no atendimento ao cliente ao identificar o público alvo do negócio, como é o caso das irmãs Luciana Reis França, de 38 anos, e Carolina Reis França, de 37.

Desde 2011, as duas assumiram a empresa da família e administram a Imprensa Gráfica e Editora. Apesar de o negócio já estar estabelecido, era necessário identificar o tipo de cliente da empresa e com a chegada da pandemia elas passaram a investir mais no marketing digital. “A gente migrou para as redes sociais a partir do Sebrae Delas. Vimos essa oportunidade e a partir dela a nossa empresa começou a aparecer mais”, comentou Luciana.

Junto com a consultoria, Luciana afirma que um ponto importante do programa é a troca de experiências com outras empresárias. “O programa foi muito bom porque funciona também como uma rede de apoio. A gente acha que a nossa realidade é só nossa, mas percebemos que tem outras empresárias que passam pelas mesmas dificuldades e dilemas e isso faz a diferença”, enfatizou a empresária.

Inscrições para o Sebrae Delas

Empreendedoras interessadas em participar do novo ciclo do Sebrae Delas podem fazer a inscrição até o dia 25 deste mês por meio do site www.sebrae.com.br/sebraedelasms, o resultado vai ser divulgado no dia posterior (26) por meio do mesmo portal. Nesta edição o programa está voltado para dois públicos-alvo: mulheres que querem empreender e aquelas que já possuem pequenas empresas.

No caso das potenciais empresárias, é preciso possuir CPF, RG, ser maior de 18 anos e ter e-mail. Já as donas de negócios devem ter, além destes requisitos, CNPJ, faturamento anual máximo de R$ 4,8 milhões e estar legalmente constituída com sede ou filial nas regiões no edital. As candidatas devem ter disponibilidade para participar das capacitações coletivas e individuais no prazo estabelecido.

No momento da inscrição, as empreendedoras devem escolher entre duas jornadas: a Essencial, que é gratuita e tem um acompanhamento de oito meses com orientações de gestão, e a novidade deste ciclo, a Jornada Premium, dividida no formato Individual e Duo, onde até duas empresárias da mesma empresa podem se inscrever. Nesta opção, o Sebrae subsidiará grande parte do custo operacional, e o investimento na Jornada Premium individual será de R$ 610,00, e na Jornada Premium Duo, R$ 687,00. Ambos parcelados em até 10 vezes sem juros no cartão de crédito.

Mais informações sobre o programa Sebrae Delas podem ser obtidas por meio do número 0800 570 0800.

ASSECOM

***