Negócios de impacto social mudam vida da população e trazem retorno econômico - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

10/03/2021

Negócios de impacto social mudam vida da população e trazem retorno econômico

Programa de aceleração do Living Lab MS está com inscrições abertas para selecionar 30 empresas deste tipo em todo o Estado

©DIVULGAÇÃO
Existem empresas que desde a sua fase de criação, visam cooperar para uma sociedade mais consciente e ainda conseguem gerar indicadores de aumento de clientes, faturamento e empregabilidade. Estes empreendimentos são classificados como negócios de impacto social e ambiental.

Segundo relatório divulgado pelo Sebrae, a partir de dados da instituição Pipe.Social, entre os anos de 2017 e 2018 estima-se que em todo o país houve um crescimento de 73,06% no número de negócios de impacto social e ambiental, empreendimentos que apoiam também os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

Em MS, diversas empresas buscam se desenvolver para se enquadrarem neste meio. Uma delas é a startup Digna Engenharia, da empresária Evelin Mello. Com sede em Campo Grande, o empreendimento inova levando obras e reformas de qualidade com segurança para toda classe social, trazendo dignidade e qualidade de vida às habitações da população de baixa renda.

Atualmente, são diversas obras concluídas e projetos prontos para saírem do papel. Antes, a empresa passou pelo primeiro processo de aceleração em São Paulo e, pouco tempo depois, foi selecionada pela InovAtiva Brasil – maior programa de aceleração de startups da América Latina, além de ter passado pelos programas de aceleração Five Weeks e Early Stage do Living Lab MS – laboratório de inovação iniciado pelo Sebrae/MS em parceria com 42 instituições públicas e privadas de Mato Grosso do Sul.

A empresária Evelin Mello conta que a Digna vem mudando a vida de muitas pessoas com a realização das reformas. Para ela, o apoio recebido pelo Sebrae foi essencial para o crescimento da startup. “Tivemos toda a parte de mentoria e aceleração que nos ajudou muito na estruturação e desenvolvimento da empresa”, finaliza ela.

Para a gerente do Living Lab MS, Leandra Costa, estes negócios surgiram com um olhar diferente de alguns empreendedores. “Neste momento de pandemia que estamos passando, observamos uma crescente busca, de empresas, por resultados que façam sentido para as pessoas, além da remuneração, gerar um valor que transforme vidas, que minimize os impactos gerados pelo excesso de tecnologia e a ausência de um olhar para as necessidades das pessoas, sejam elas sociais ou ambientais”.

Seleção para novas empresas

Levando em conta o viés econômico e social, o Living Lab MS abriu inscrições para o Programa de Aceleração de Negócios de Impacto Social e Ambiental. Serão selecionadas 30 empresas deste tipo em todo o Estado, que serão aceleradas pelo laboratório.

O programa consiste em um ciclo de acompanhamento através de mentorias individuais por negócio e/ou coletivas, oficinas, presenciais e/ou online, e apoio a participação em eventos e networking com potenciais clientes e investidores.

As inscrições vão até o dia 17 de março e devem seguir os requisitos apresentados no edital, que se encontra disponível no site do Living Lab MS, na aba “Chamadas”. No caso de dúvidas, os participantes devem entrar em contato pelo e-mail livinglabms@gmail.com.

ASSECOM

***