Em live, deputado Evander Vendramini afirma que vai lutar pela reativação do hemocentro de Corumbá - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

26/03/2021

Em live, deputado Evander Vendramini afirma que vai lutar pela reativação do hemocentro de Corumbá

©DIVULGAÇÃO
O deputado estadual Evander Vendramini (Progressistas) solicitou a retomada dos serviços do Hemocentro Romeu Albaneze, em Corumbá, durante reunião online do Conselho Estadual de Saúde realizada na manhã desta sexta-feira, 26. A ação da Secretaria de Estado de Saúde contou ainda com a participação da deputada federal Bia Cavassa (PSDB), do secretário municipal de saúde de Corumbá, Rogério Leite, e de conselheiros do CES. Em abril de 2019, no início de seu mandato como deputado estadual, Evander já havia encaminhado requerimento ao Governo do Estado pedindo sua reativação.

O hemocentro foi desativado em 2008 e, desde então, os moradores dependem dos bancos de sangue de Campo Grande. Evander lembra que, antes do fechamento, a estrutura se assemelhava às dos centros de Dourados e Três Lagoas. No entanto, foi transformado em um hemonúcleo e, ao final, em Unidade de Armazenamento e Distribuição de Sangue. “A realidade atual impossibilita a coleta de sangue de doadores, fazendo com que todo o estoque venha de fora. Porém, não pode um município fronteiriço do tamanho de Corumbá, que possui uma grande demanda por atendimentos na área da saúde, ficar dependente da doação de material vindo de outras cidades”, alegou.

Conforme o progressista, hoje a demanda da Capital é muito maior do que há 15 anos e não tem como atender a contento Corumbá e Ladário. Por esse motivo, o parlamentar garantiu que vai buscar apoio estadual para a volta dos serviços do hemocentro. “Durante a live do Conselho, eu e a Bia Cavassa nos comprometemos a conversar com o governador Reinaldo Azambuja, com o secretário de saúde Geraldo Rezende e com o secretário de governo Eduardo Riedel para solicitar a reforma estrutural do hemocentro, assim como a contratação de pessoal para dar condições ao município de reabrir o centro e poder atender a nossa gente, que tanto necessita”, declarou Evander.

A justificativa na época para a desativação do hemocentro teria sido a falta de doadores para manter uma estrutura daquele porte na região. No entanto, o parlamentar avalia que no momento atual o número de possíveis doadores em Corumbá e Ladário é bastante alto. As duas cidades possuem, além dos doadores voluntários e doadores esporádicos, também doadores compulsórios, que são os militares do Exército, Marinha, Bombeiros, Polícia Militar e Guarda Municipal. “A quantidade de pessoas que podem ser doadores vem crescendo cada dia mais. A reativação do Hemocentro vai proporcionar mais rapidez e eficácia aos atendimentos médicos da nossa região, como a viabilização de cirurgias eletivas e atendimentos emergenciais. E é por isso que não mediremos esforços para mudar essa situação e proporcionar mais saúde para a população de Corumbá e Ladário”, garantiu o deputado pantaneiro.

Para o presidente do Conselho Estadual de Saúde de MS, Davi Vital do Rosário, a participação de Evander na reunião extraordinária que discutiu a situação atual do hemocentro de Corumbá foi muito positiva e ele só tem a agradecer pelo apoio do parlamentar.

“O deputado Evander prontamente se colocou à disposição do Conselho para conversar com o Governo do Estado e buscar resolver, principalmente, as questões de infraestrutura do prédio, já que precisamos de uma reforma hidráulica e elétrica que está nas mãos da Agesul. Caso o deputado resolva essa questão junto ao governador e aos secretários, poderemos oferecer à população a volta do pleno funcionamento do hemonúcleo de Corumbá. Além disso, ele se colocou à nossa disposição para ajudar e contribuir de forma efetiva para que os serviços retornem e os corumbaenses possam voltar a doar sangue aqui mesmo, sem precisar ir até Campo Grande. Com isso, o estoque do banco de sangue vai aumentar e todas as necessidades a que demandar o hospital de Corumbá serão atendidas aqui mesmo em Corumbá”, agradeceu Davi do Rosário.

Por: Adriana Viana


***