Deputado Rinaldo destaca o que ainda não percebemos sobre as mulheres - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

05/03/2021

Deputado Rinaldo destaca o que ainda não percebemos sobre as mulheres

©ARQUIVO
Todos os anos comemoramos o Dia Internacional das Mulheres e colocamos em destaque suas qualidades, habilidades e como o mundo se torna melhor com a participação feminina na sociedade. Eventualmente, homenageamos mulheres famosas ou conhecidas por ações importantes que elas tenham realizado e de maneira alguma devemos supor que isto seja ruim. Mas o que muitas vezes não percebemos é que desviamos nosso olhar, sem intenção nenhuma, de tudo aquilo que tem sido construído por meio desta participação feminina, não só no local onde vivemos, mas no mundo todo. Como exemplo, podemos homenagear uma astronauta por ter orbitado nosso planeta e realizado importantes missões em prol da ciência, mas nunca nos lembramos das professoras que a ajudaram, desde a infância, a construir o sonho de ir ao espaço.

Num contexto mais atual, existe no mundo todo uma enorme presença das mulheres na linha de frente do combate à Covid-19 como profissionais de saúde, organizadoras comunitárias e também líderes mais eficazes. De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), a maioria dos países de maior sucesso no combate ao Coronavírus e seus impactos socioeconômicos é chefiado por mulheres. Chefas de Governo na Dinamarca, Etiópia, Finlândia, Alemanha, Islândia, Nova Zelândia e Eslováquia foram amplamente reconhecidas pela agilidade, determinação e eficácia na luta contra a pandemia. Porém, as mulheres são Chefes de Estado ou Chefes de Governo em apenas 20 países em todo o mundo e importantes decisões em nível global não ficam em suas mãos.

Para o deputado estadual Professor Rinaldo Modesto, que é autor de diversas leis estaduais no combate à violência contra a mulher, existe ainda uma outra situação delicada: o aumento das agressões cometidas contra elas durante os períodos de quarentena. "De um lado temos a participação extremamente competente de mulheres que contribuem incansavelmente nesta luta que não é só no Brasil, mas no mundo todo, e do outro mulheres sofrendo algum tipo de agressão dentro da própria casa", comentou o parlamentar.

Rinaldo destacou ainda que a sociedade precisa entender melhor a participação feminina na formação da cidadania e na tomada de decisões importantes da vida pública: "Se hoje podemos dizer, mais do que nunca, que as mulheres trazem habilidades diferentes, fazem contribuições importantes para decisões políticas e leis que funcionam melhor para todos, também me parece controverso que ainda seja preciso lutar para que elas possam permanecer seguras onde elas estiverem ou que possam atuar de forma efetiva na tomada de decisões importantes, principalmente na vida pública".

ASSECOM

***