MS deve receber novas doses de vacinas contra Covid-19 na próxima semana, diz secretário - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

15/02/2021

MS deve receber novas doses de vacinas contra Covid-19 na próxima semana, diz secretário

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, disse ao G1 que os imunizantes podem chegar ao solo sul-mato-grossense na próxima semana, mais especificamente na quarta-feira (23).

Doses da CoronaVac — Foto: Cristine Rochol/PMPA
Mato Grosso do Sul pode receber novas doses do imunizante contra a Covid-19 na próxima quarta-feira (23). A previsão é do secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende.

O chefe da saúde sul-mato-grossense ressaltou que, nesta quarta-feira (17), poderá haver uma reunião do Ministério da Saúde juntamente com os Governos estaduais, com a finalidade de definir a quantidade e a logística de distribuição da próxima remessa de imunizantes aos 26 estados e ao Distrito Federal.

De acordo com Resende, alguns municípios, como Campo Grande, já iniciaram a aplicação da segunda dose da vacina contra o vírus, e outras cidades ainda estão aplicando a primeira dose do imunizante.

O secretário destacou que esta semana será de cobrança de agilidade às cidades de Mato Grosso do Sul que ainda estão no primeiro processo de vacinação. "Esta semana vamos trabalhar atentamente com os municípios que ainda estão aplicando as primeiras doses, queremos agilidade".

Resende disse que a secretaria estadual de Saúde (SES) ainda não possui um plano de imunização elaborado em relação as vacinas que podem chegar na próxima semana. Ele informou que a SES verificará o quantitativo de vacinas que restarão no estado, para assim, continuar a imunização dos grupos prioritários em Mato Grosso do Sul.

"Queremos verificar o quantitativo, a priori é continuar imunizando profissionais da área da saúde, idosos acima de 80 anos e os indígenas. Se as doses forem suficientes, podemos pensar em começar a imunizar pessoas a partir de 75 anos, tudo isso a depender do quantitativo de doses", afirmou o secretário.

O secretário informou ao G1 que a SES ainda não tem noção do quantitativo de doses que serão destinados para Mato Grosso do Sul na possível próxima remessa. "Não sei ao certo qual será a vacina, bem provável que vamos receber a CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan. A imunização continuará sendo feita para atingir a maioria de cidadãos presentes no grupo prioritário".

Por José Câmara, G1 MS

****