Capital reduz toque de recolher - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

11/02/2021

Capital reduz toque de recolher

Horas depois de ter garantido que não mudaria, a prefeitura foi questionada pelo comércio e flexibilizou horário

©FRANCISCO BRITTO
Assim como fez o Governo do Estado, horas depois de anunciar que não alteraria o toque de recolher em Campo Grande, a prefeitura da Capital diz que "ouviu as ponderações" nesta manhã e também vai flexibilizar a medida para 23h.

Mais cedo, o procurador-geral do município, Alexandre Ávalo, havia garantido ao portal Campo Grande News que a Capital só alteraria o período de proibição de funcionamento do comércio após o Carnaval e assegurou que a cidade continuaria com tudo fechado de 22h às 5h.

Cerca de uma hora depois de negar a mudança, em nova ligação, Ávalo informou que tudo havia mudado após conversa com representantes do comércio.

Depois da publicação de reportagem sobre a manutenção do horário, o prefeito Marquinhos Trad foi procurado por donos de bares e restaurantes e, em reunião, resolveu seguir as orientações do governo do Estado, que liberou a alteração para municípios com bandeiras amarela e laranja, classificação na qual se enquadra a Capital. Porém, o decreto com a alteração só deve ser publicado amanhã (12).

"O prefeito já pretendia postergar o horário para às 23 horas, mas somente depois do Carnaval. Agora, ouvindo as ponderações do setor econômico e considerando que não haverá ponto facultativo, foi decidido mudar o toque de recolher na Capital para às 23 horas”, justificou.

Campo Grande não decretou ponto facultativo, como fez o governo do Estado. Na segunda-feira, a assessoria do governo do Estado desmentiu representantes do comércio sobre a possibilidade de flexibilização do toque de recolher, mas depois, o Estado voltou atrás e flexibilizou o horário.


Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Ângela Kempfer

***