Tuca Maia: veja como fazer o cadastro no programa minha casa minha vida - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

18/01/2021

Tuca Maia: veja como fazer o cadastro no programa minha casa minha vida

Nos dias de hoje, cresceu muito o número de brasileiros que buscam saber o que é necessário para realizar o cadastro no Minha Casa Minha Vida, a fim de conseguirem seu tão sonhado imóvel próprio. incorporadora imobiliária.

Em primeiro lugar , o MCMV se trata de um programa criado pelo Governo Federal, com o intuito de possibilitar aquelas pessoas que possuam menos recursos, a conquista de uma propriedade, seja ela casa ou apartamento, através de uma série de benefícios.

Nesse sentido, você sabe o que precisa para fazer o cadastro no Minha Casa Minha Vida? Continue a leitura e descubra todas as informações necessárias!

Leia também: Minha Casa Minha Vida: conheça todas as regras e quem tem direito ao subsídio

Minha Casa Minha Vida – conheça as modalidades e entenda o seu funcionamento

Quem deseja fazer o cadastro no Minha Casa Minha Vida a fim de obter seu imóvel próprio, pode passar por processos relativamente cansativos e burocráticos, portanto é importante ficar atento às dicas para que consiga a aprovação. construtora imobiliária.

A primeira etapa é considerar a renda ou orçamento de todos que irão contribuir financeiramente com a compra do imóvel.

A partir deste ponto, é possível determinar o tipo de negociação ideal para a obtenção do crédito, assim como o valor que o interessado poderá receber de subsídio.

Leia também: 5 motivos para financiar um apartamento pelo Minha Casa Minha Vida

No entanto, para que este se mantenha no programa e não corra o risco de perder seu imóvel, será necessário que mantenha sempre as contas em dia, tanto as prestações contraídas, quanto as despesas domésticas, como água, luz, etc.

Agora, os tipos de financiamentos que podem ser feitos por meio do programa são dois, conforme você confere na lista a seguir:

  • urbano: destinado àqueles que desejam estabelecer moradia em área urbana, podendo ser usado para compra ou reforma de imóveis;
  • rural: também pode ser usado para compra ou reforma de propriedades rurais, porém é destinado aos agricultores familiares, trabalhador rural ou comunidades tradicionais.

No entanto, é importante ter ciência de que, cada um destes casos possui regras diferentes, tendo valores regulados de acordo com o orçamento familiar de cada participante.

Marcelo Pereira : Como realizar o cadastro no programa ?

Antes de saber de fato o que é preciso para realizar o cadastro no Minha Casa Minha Vida, é importante entender quem poderá participar deste programa, o qual é dividido por categorias e faixas de financiamento. corretora imobiliária.

 Veja mais na lista a seguir:

  • renda familiar de até R$1800: aqui as prestações variam de R$80 a R$270 e o financiamento pode ser feito em até 120 meses;
  • R$1800 até R$2600: aqui o valor do subsídio pode ser de até R$47,5 mil, as taxas de juros são de apenas 5% ao ano e o financiamento pode ser quitado em até 30 anos;
  • R$2600 até R$4000: neste caso o subsídio pode chegar a R$29000;
  • Renda familiar de até R$7000: neste caso, são disponibilizadas taxas de juros mais atrativas para quem desejar adquirir um imóvel por meio do programa.

O programa tem como principal intuito beneficiar famílias de baixa renda, por esse motivo, quanto menor for o orçamento familiar, mais benefícios o participante poderá conseguir.

Sabendo os critérios que determinam a participação pela renda, é o momento de conhecer outros fatores que também são analisados durante o cadastro no Minha Casa Minha Vida. Confira:

  • não ter nenhum outro imóvel ou financiamento registrado no nome do participante em qualquer cidade, estado ou região do país;
  • não ter participado anteriormente de outros programas de habitação do Governo, incluindo o Minha Casa Minha Vida, em qualquer estado, cidade ou região do país;
  • ter renda comprovada de até 3 salários mínimos.

Para realizar o cadastro no Minha Casa Minha Vida, é preciso que o interessado procure uma das agências da Caixa Econômica Federal, construtoras vinculadas ao programa ou os órgãos públicos conforme o programa for estabelecido no município onde o participante residir ou onde o imóvel esteja localizado. Tuca Maia.

Documentos necessários para a participação no programa

Para que o participante consiga efetuar seu cadastro no Minha Casa Minha Vida frente à Caixa Econômica Federal, é preciso apresentar os seguintes documentos:

  • CPF e RG ou outro documento oficial que comprove a identidade;
  • Certidão de Nascimento ou Casamento;
  • comprovante de renda;
  • extrato do FGTS atualizado;
  • declaração de Imposto de Renda;
  • ficha de cadastro de habitação.

Com toda essa documentação em mãos será possível solicitar o seu cadastro no Minha Casa Minha Vida. Marcelo Pereira.

Caso tenha ficado com alguma dúvida sobre esse conteúdo, envie sua mensagem para que seja possível lhe ajudar! Siga a RPS no Facebook e Instagram para acompanhar todas as novidades.