Executados com mais de 100 tiros em frente a hotel tinham 26 e 27 anos - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

13/12/2020

Executados com mais de 100 tiros em frente a hotel tinham 26 e 27 anos

Vítimas foram identificadas, mas autoria e motivação do crime ainda são mistério

Disparos de grosso calibre atravessaram lataria do veículo
Foi identificado como Wellington Bruno Alves, de 26 anos, e Daiane Dias Constanci, 27 anos, o casal executado com mais de 100 tiros durante a madrugada deste domingo (13), em frente a um hotel na fronteira. Informações sobre autoria e motivação ainda não foram divulgadas pela polícia.

Informações são de que as vítimas estavam em um veículo HB20 na linha internacional, na frente do Hotel Cassino Amambay. O estabelecimento fica em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, mas as vítimas estavam do lado brasileiro quando foram surpreendidas pelos pistoleiros.

Foram efetuados dezenas de disparos de calibre 9 milímetros e de fuzil. Dentro do carro foram encontrados R$ 10 mil. A Primeira Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã, juntamente com a perícia técnica, estiveram no local colhendo informações que possam auxiliar no esclarecimento dos fatos.

Fonte: Midiamax
Por: Renan Nucci

***