Deputado Contar lança candidatura ao cargo de 1º secretário da Assembleia Legislativa - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

08/12/2020

Deputado Contar lança candidatura ao cargo de 1º secretário da Assembleia Legislativa

O deputado estadual Capitão Contar (PSL) anunciou, na sessão remota da Casa de Leis desta terça-feira (08), que vai concorrer ao cargo de primeiro secretário da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul). O parlamentar já havia declarado não apoiar a reeleição da atual composição da Mesa Diretora.

“Defendo a renovação da Mesa Diretora da Alems, para que outros deputados possam trazer novas propostas e estarmos sempre melhorando os nossos trabalhos. Tenho minhas convicções e razões para não votar na chapa atual”, explica Capitão Contar.

Sobre o atual primeiro secretário, Contar destaca que, “as chaves do cofre da Assembleia Legislativa não podem permanecer com um deputado denunciado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro! Até que prove sua inocência, é inaceitável que seja reconduzido pela quarta vez na atual função da Mesa Diretora. Ele é citado em denúncias de corrupção (Vostok)”.

A chapa que tenta reeleição pretende manter o deputado Paulo Corrêa como presidente da Assembleia Legislativa, posto que Capitão Contar também não apoia. “Com relação ao atual presidente, sua atuação não foi satisfatória nos momentos em que a população precisou, como no apoio aos trabalhos da CPI Energisa e aos pedidos de impeachment, por exemplo. Também não concordei na forma como foram pautados muitos projetos, votados a toque de caixa, sem o tempo hábil para discussão e análise dos demais parlamentares. Repudiei a forma como a Casa tratou os produtores rurais quando votamos o “pacote de maldades” do Fundersul, ITCB e combustíveis. Resumindo, sou contra essa chapa”, conclui Capitão Contar.

A eleição para Mesa Diretora será nesta quinta-feira (10), durante a sessão remota da Alems, a partir das 9h. Atualmente, os deputados poderão escolher entre Capitão Contar e Zé Teixeira para o cargo de primeiro secretário, posto que administra o dinheiro público da Casa de Leis.


***