Sindicato quer facilitar acesso à internet aos idosos - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

11/11/2020

Sindicato quer facilitar acesso à internet aos idosos

Com um quadro com mais de 60% do público acima dos 60 anos, Sindifiscal-MS promove qualificações para facilitar o uso de tecnologias

©DIVULGAÇÃO
Dos 1.149 filiados ao Sindicato dos Fiscais Tributários Estaduais de Mato Grosso do Sul (Sindifiscal-MS), 707 são aposentados ou tem mais de 60 anos. Mesmo com a alta escolaridade que o cargo exige, alguns ainda têm dificuldade de acesso às tecnologias. Somado a isso, mesmo com a retomada do atendimento presencial do Sindifiscal, a recomendação dos profissionais da saúde é evitar o contato. Assim, se a internet já era popular, passou a ser uma forma de evitar a solidão. 

Essa preocupação fez com que o Sindicato, por meio do Departamento de Estudos e Direito dos Aposentados, buscasse qualificações que ensinassem seus associados sobre o uso do WhatsApp e outros aplicativos de Smartphones. Respeitando os aspectos biológicos, psicológicos e socioculturais desse público, a proposta vai além das técnicas para o uso básico do celular e traz módulos das áreas de artes, empreendedorismo, saúde, inglês e entretenimento.

Especialistas em geriatria apontam que o uso de smartphones geram aprendizado de uso e estimular a manutenção do sistema cognitivo. 

“Sempre tivemos uma preocupação em relação a saúde e ao bem-estar desse público. Mas com a pandemia, as caminhadas, aulas de pilates e dança de salão ficaram suspensas e foram retomadas há pouco tempo. Mesmo assim, o público da terceira idade tem evitado participar dessas atividades”, explicou o presidente do Sindifiscal-MS, Francisco Carlos de Assis, o Chiquinho.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), a população de idosos teve um crescimento significativo, um aumento de 3% e deve chegar a 1,4 bilhão em 2030. No Brasil, 13% da população tem 60 ou mais anos de vida. 

Os cursos são on-line e as turmas são anunciadas pelo site da entidade. Os primeiros cursos foram comunicados aos associados por meio de ligações telefônicas. 

ASSECOM

***