ELEIÇÕES 2020| PSD cresce em Mato Grosso do Sul - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

17/11/2020

ELEIÇÕES 2020| PSD cresce em Mato Grosso do Sul

Depois de uma semana percorrendo as regiões de Mato Grosso do Sul, o presidente estadual do PSD, senador Nelsinho Trad, se diz satisfeito com o resultado das urnas

©DIVULGAÇÃO
O PSD de Mato Grosso do Sul conquistou oitenta e dois vereadores, quatro prefeitos, sendo duas mulheres, Ilda Machado em Fátima do Sul foi reeleita para o terceiro mandato, em Água Clara a professora Gerolina Alves em sua primeira gestão.

Em Juti, o contabilista Gilson da Cruz vai assumir a prefeitura e, na Capital, o prefeito da Capital, Marquinhos Trad, foi reeleito. O PSD também vai assumir dez vice-prefeituras.

Os vice-prefeitos foram eleitos nos municípios de Bodoquena, Batayporã, Brasilândia, Corguinho, Fátima do Sul, Inocência, Ivinhema, Jaraguari, Rio Negro e Selvíria.

Comparado com as eleições de 2016, o PSD teve aumento significativo em relação ao número de vereadores, que somavam vinte e sete. Desta vez, foram eleitos oitenta e dois, sendo cinco de Campo Grande, com a eleição de Tiago Vargas, Valdir Gomes, Otávio Trad, Beto Avelar e Junior Coringa. O PSD manteve cinco vereadores na Casa de Leis, formando a maior bancada na Câmara Municipal. "Em MS, o partido manteve os quatro prefeitos, e de 1 vice-prefeito passaram para dez vices eleitos", destacou o presidente regional.

Em apenas nove anos de história, o PSD alcançou no primeiro turno das eleições municipais o posto de terceiro maior partido do país, tendo recebido 10.615.207 votos para prefeito em todo o País, elegendo 650 gestores municipais. Os números mostram crescimento expressivo do partido em relação aos resultados obtidos nas eleições municipais de 2016, quando elegeu 539 prefeitos e recebeu mais de 8 milhões de votos.

O partido se destacou também pelo número de vereadores eleitos – 5.677 –, ficando à frente de partidos tradicionais como o PSDB e o DEM, com décadas de história. O resultado mostrou um aumento de 1.003 vereadores em relação aos 4.650 eleitos em 2016. "Estamos muito satisfeitos com o resultado", enfatizou o presidente regional, senador Nelsinho Trad.


ASSECOM


***