CAPITAL| ‘Vereador pé no chão’, Ademir Santana, do PSDB, busca reeleição à Câmara - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

05/11/2020

CAPITAL| ‘Vereador pé no chão’, Ademir Santana, do PSDB, busca reeleição à Câmara

©ARQUIVO
Ademir tem 54 anos, é empresário e trabalha com ações sociais em bairros há 25 anos. Ele tem base política na região do Lagoa e atualmente mora no bairro Caiobá, onde também atende demandas em um escritório na residência. 

“Estamos desde 2017 em mandato, sou um vereador pé no chão, de bairro, presente e de muitas realizações. Aconteceram muitas coisas no meu mandato e por isso não tenho dúvidas quanto a reeleição”, disse o tucano que cita ter apresentado 95 projetos de lei, e destes 57 leis foram sancionadas. Ele afirma que teve 70% das indicações de melhorias em bairros realizadas pelos órgãos competentes e enviou mais de R$ 500 mil em emendas parlamentares a entidades de saúde e assistência social. 

Como destaque no mandato, Ademir diz que a regularização fundiária de aldeias urbanas foi um marco. “De 12 aldeias, praticamente seis já estão regularizadas e as pessoas estão pagando seu terreno com tarifa social. As aldeias Santa Mônica, Vila Romana, Inápolis, Estrala do Amanhã e várias do Jardim Noroeste. 

Inclusive a primeira aldeia, a Marçal de Souza, estava irregular e a partir dessa ideia as famílias passaram a ter documento de suas casas.” Ele também cita o Refis da Casa Própria como proposta de sua autoria oficializada em audiência pública. Após isso, a Agência Municipal de Habitação iniciou programa de parcelamento para diminuir a inadimplência. “A segunda audiência pública fizemos com a Águas Guariroba e a taxa mínima de água era 10 metros cúbicos e hoje é três metros cúbicos. 

É uma conquista, pois com a audiência conseguimos junto ao prefeito [Marquinhos Trad] que ele baixasse um decreto para diminuir a taxa mínima.” O candidato tem apoio completo do partido e diz que faz pequenas reuniões fornecendo o material de higiene para conquistar o voto. “Tenho apoio do partido, apoio do prefeito, dos colegas vereadores. A gente tem muitos amigos na Câmara. Eu tenho feito as reuniões, caminhadas e encontros.” 

O que pretende Se eleito, Ademir diz que no próximo mandato tentará promover audiência pública e utilizar ferramentas do Legislativo para que o Executivo baixe a taxa de esgoto.

“Deve-se cobrar da Águas que instale a rede de esgoto em toda a cidade e com preço acessível. O valor atual é muito caro e ninguém consegue pagar.” 

Ele diz que passou para o Executivo a ideia da agricultura urbana, que está sendo desenvolvida pela Sedesc e Agraer. O projeto consiste em instalar 200 hortas comunitárias para distribuição gratuita. O tucano diz que o carro-chefe do próximo mandato é cobrar a construção do hospital municipal de Campo Grande do Executivo. 

Ele diz que movimenta um abaixo-assinado que já possui mais de 10 mil assinaturas e que vai utilizar meios que cabem à função de vereador para ao menos iniciar a obra.

ASSECOM

***