Campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a Mulher - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

23/11/2020

Campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a Mulher

Iniciando no dia 25 de novembro, Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres e terminando dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos, a campanha dos 16 dias de ativismo é uma mobilização realizada simultaneamente em mais de 160 países. 

Em Mato Grosso do Sul, o dia 25 de novembro foi instituído como Dia Estadual de Mobilização pelo Fim da Violência contra a Mulher, por meio da lei nº 4.784/2015. Com o objetivo de sensibilizar e conscientizar a sociedade para o fim de todas as formas de violência de gênero contra a mulher, as atividades em tempos de pandemia serão todas realizadas com o necessário distanciamento social. Faremos um “ativismo virtual” com seminário e rodas de conversa online, postagens nas redes sociais, lives e entrevistas. 

No dia 25 de novembro, marcando o lançamento da campanha, a Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para Mulheres realiza o seminário “Por que a violência de gênero acontece?” e recebe profissionais renomadas e reconhecidas nacionalmente, para discutir três temas de extrema relevância: Glaucia Teodoro (membro do Conselho Estadual de Educação de Goiás, Presidente da Câmara de Educação Superior e ex-Secretária Estadual de Política para as Mulheres e Promoção da Igualdade Racial de Goiás) falará sobre “A educação como mecanismo de prevenção à violência”; a professora, escritora e palestrante Alice Bianchini (SP) abordará no painel 2 a questão da “Violência psicológica como lesão corporal” e, encerrando o seminário, a advogada Adélia Moreira Pessoa (Presidente da Comissão Nacional de Gênero e Violência Doméstica do IBDFAM e Presidente da Comissão de Defesa da Mulher da OAB), irá provocar a reflexão sobre “Violência sexual e o perigo de revitimização das mulheres”. 

O seminário, que terá parceria da OAB/MS e do IBDFAM/MS, será mediado pela subsecretária Luciana Azambuja e contará com a participação especial da técnica da SPPM, Bruna Oliveira, que falará sobre sua experiência como sobrevivente de feminicídio e também considerações de personalidades que atuam na temática do enfrentamento à violência contra as mulheres em Mato Grosso do Sul: juíza de direito Helena Machado Coelho, promotor de justiça Izonildo Assunção, defensora pública Thais Dominato, advogada Eclair Nantes, delegada Fernanda Mendes e coronel PM Neidy Centurião, representantes de órgãos que integram a rede de enfrentamento à violência contra mulheres. 

No dia 27 de novembro, a pauta será “Impactos da violência doméstica nas crianças e adolescentes”, com a convidada Acacia Lelis, que em seu currículo destacamos ser Presidente da Comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente da OAB/SE; Presidente Estadual do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM/SE) e Membro Suplente do Conselho Estadual da Criança e do Adolescente do Estado de Sergipe. A live será transmitida nas redes sociais do Governo do Estado, com a subsecretária Luciana Azambuja como anfitriã e moderadora e, como debatedoras, a delegada Paula Ribeiro, titular da DAM Dourados, a psicóloga Melania Pandolfi Araújo, coordenadora de enfrentamento à violência da SPPM e a advogada Soraya Santos Palermo, que atua nas Comissões de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (COMCEVID) e de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA) da OAB/MS. 

No dia 3 de dezembro, com a proposta de discutir o atendimento às mulheres em situação de violência nos órgãos de atendimento especializado em Campo Grande, será realizada uma roda de conversa com representantes do CEAM, Casa Abrigo, Casa da Mulher Brasileira e OAB/MS. Conduzida pela coordenadora de enfrentamento à violência da SPPM, psicóloga Melania Pandolfi Araújo, as convidadas serão: Thereza Trad e Edna Lopes (CEAM), Natalice Nogueira de Souza (Casa Abrigo), Marcia Paulino (CMB) e Amanda Parizan (OAB/MS). O evento é aberto ao público e será transmitido via facebook. 

No dia 8 de dezembro, a roda de conversa virtual será em alusão ao Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo fim da Violência contra as Mulheres e terá a visão do ponto de vista de homens engajados. Como parte da campanha do “Laço Branco”, a pauta será homens pelo fim da violência, com a participação dos subsecretários Ian Odara Leal (Juventude) e Leonardo Bastos (LGBT+) e do defensor público Mateus Augusto Sutana e Silva, coordenador do Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos, da Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul. 

No dia 10 de dezembro, a conversa é sobre a participação da sociedade civil na construção de políticas públicas de enfrentamento à violência contra mulheres e meninas. Conduzida pela técnica da SPPM, Bruna Oliveira, sobrevivente de feminicídio que já utilizou ela própria os serviços oferecidos às mulheres em situação de violência em Campo Grande, o objetivo é dialogar sobre a necessidade de “meter a colher” em casos de violência contra mulher; sobre a atuação dos conselhos e entidades na construção de políticas de enfrentamento à violência. Participam representantes do Conselho Estadual de Direitos da Mulher, da Juventude, da Pessoa Idosa e da Pessoa com Deficiência e representantes de movimentos de mulheres negras e indígenas. As convidadas serão: Amanda Parizan, Diego Mariano, Liliam Veronese, Rita Luz, Angela Epifanio e Elda Vasques. 

Para maiores informações: (67) 3316-9200 ou pelo e-mail: mulheres@segov.ms.gov.br 

Acompanhe a programação no site www.naosecale.ms.gov.br e no facebook da Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para Mulheres. 

25 de novembro 8:30h às 11h 

Seminário “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres” 

Facebook @SubsMulheres 

27 de novembro 14h às 15h 

Live “Impactos da violência doméstica nas crianças e adolescentes.” 

Facebook @GovernodeMatoGrossodoSul 

3 de dezembro 9h às 11h 

Roda de Conversa “A importância do atendimento humanizado e qualificado às mulheres em situação de violência – órgãos de atendimento especializado em Campo Grande.” 

Facebook @SubsMulheres 

8 de dezembro 9h às 11h 

Roda de Conversa “Homens pelo fim da violência.” 

Facebook @SubsMulheres 

10 de dezembro 9h às 11h 

Roda de Conversa “A participação da sociedade civil no enfrentamento à violência contra mulheres e meninas.”

ASSECOM

***