BANDEIRANTES| Ministério Público impugna candidatura à reeleição de prefeito cassado - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

02/10/2020

BANDEIRANTES| Ministério Público impugna candidatura à reeleição de prefeito cassado

Álvaro Urt foi cassado do cargo e caso será julgado pela 34ª Zona Eleitoral de Mato Grosso do Sul

Prefeito Álvaro Urt durante sessão na Câmara ©ARQUIVO
O promotor eleitoral Paulo Henrique Mendonça de Freitas impugnou a candidatura de Álvaro Urt (DEM), prefeito cassado de Bandeirantes, a 70 km de Campo Grande, e que tentava a reeleição. O caso será julgado pela 34ª Zona Eleitoral de Mato Grosso do Sul.

A impugnação é consequência da cassação do mandato de Álvaro, ocorrida no início desta semana pelos vereadores da Câmara de Bandeirantes.

O chefe do Executivo perdeu o cargo depois de ser acusado de peculato, fraude em licitação, falsidade ideológica e corrupção passiva, após o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) deflagrar a Operação Sucata Preciosa.

A operação investigava a celebração de contratos com empresas privadas para manutenção de veículos da frota municipal, onde foi apurada a emissão de notas frias, já que os serviços não teriam sido prestados, com parte da frota sucateada nos pátios das Secretarias de Obras e de Saúde.

Durante sua defesa, na Câmara, o prefeito cassado disse apenas que pegou a administração do Executivo em “péssimas condições”. O vice-prefeito Luiz de Souza Meira assumiu o cargo. 

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Gabriel Neris