ALEMS| Segue para sanção reajuste e pagamento do piso aos professores até 2027 - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

15/10/2020

ALEMS| Segue para sanção reajuste e pagamento do piso aos professores até 2027

Proposta ainda prevê mudanças na carreira e no sistema remuneratório da categoria

Deputados durante votação em sessão virtual na Assembleia ©Reprodução - Facebook
Os deputados aprovaram, em segunda votação, o projeto que escalona o pagamento do piso salarial aos professores, em 20 horas, até 2027 e ainda prevê para o mês de outubro um reajuste (salarial) à categoria que vai de 6% até 15%. A proposta teve 17 votos a favor e nenhum contra.

Os parlamentares lembraram na votação que a proposta teve acordo entre a categoria eo o governo estadual, antes de chegar ao Legislativo. Ainda ressaltaram que o reajuste salarial já estará disponível aos profissionais no próximo pagamento, no começo de novembro.

“É simbólico votarmos esta matéria que traz melhorias para categoria, em data que se comemora o dia do professor, em uma proposta discutida e acertada entre as partes”, destacou o deputado Pedro Kemp (PT), presidente da Comissão de Educação na Assembleia.

A proposta prevê o escalonamento do pagamento do piso salarial, em 20 horas, até 2027, mantendo os percentuais previstos para 2020 e 2021. Outra mudança foi no sistema remuneratório, que transforma salário em subsídio, o que permite juntar a remuneração, com o adicional de tempo de serviço, em um único valor.

“Chegamos a um acordo, que resultou neste texto final, que tem como destaques a mudança no sistema remuneratório e a extensão do pagamento do piso até 2027”, disse o presidente da Fetems (Federação dos Profissionais da Educação de MS), Jaime Teixeira.

Também foi garantido o reajuste (salarial) ainda para outubro, que varia de 6% (final da carreira) até 15,5% (início da carreira). “Este reajuste atinge 21 mil profissionais da Educação Básica, entre efetivos e aposentados”, explicou Teixeira.

Compromisso – O governo também firmou compromisso com a categoria, que vai lançar em 2021 um concurso para contratação de professores efetivos. A intenção é que as provas e processo sejam feitos no ano que vem, com a convocação dos aprovados em 2022, no início do ano eletivo.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Leonardo Rocha

***