POLITICANDO| Por: Jota Menon - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

09/09/2020

POLITICANDO| Por: Jota Menon



DEFINIÇÃO DE POLÍTICA


Magalhães Pinto, folclórico político mineiro, já dizia que política é como as nuvens, pois, você olha agora e ela tem o formato de um elefante e olha um minuto depois e ela já se transformou num rato. Claro que não foram estas as literais palavras dele, mas foi mais ou menos o que quis dizer para explicar as mudanças radicais que ocorrem nos meios políticos e que nem sempre os vis mortais conseguem entender.

ENTROU ÁGUA

A explicação do homem que dá nome ao Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, talvez se encaixe plenamente no momento político vivido pelo prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD). Ele, que até a semana passada navegava em águas calmas com a certeza de que o PSDB de Reinaldo Azambuja indicaria o candidato a vice-prefeito em sua chapa, viu o caldeirão político entornar e ganhar força a tese da candidatura própria tucana, inclusive com chapa pura.

CONTA E RISCO
Obstinada por ser prefeita da Capital, a deputada federal Rose Modesto (PSDB), que disputou o segundo turno com Marquinhos Trad na eleição passada, teria convencido a cúpula tucana de que tem reais condições de enfrentar prefeito. Ela, porém, teria sido avisada de que se quer realmente ir à disputa, terá de fazê-lo por conta e risco. Ela topou de cara, afinal, não tem nada a perder, uma vez que, se não lograr êxito no pleito, continuará deputada federal e terá se firmado como liderança partidária.

EMBOLADO


Já aqui pelas bandas da Terra da Linguiça, podemos afirmar que se a pesquisa veiculada há alguns dias no Diário MS refletir realmente o momento político local teremos uma das disputas mais acirradas pela cadeira de prefeito de toda a história de Maracaju.

EMBOLADO (1)

Pelos números publicados no Diário MS, os pré-candidatos Lenilso Carvalho, Marcos Calderan, Giovana Vargas e Jeamilton Barbosa estão empatados tecnicamente, nessa ordem. Ainda aprecem na pesquisa os pré-candidatos Joares Sanches, Thiago Caminha, Reginaldo Fotógrafo e Mazzucato, além de Eliane Simões que já anunciou que será vice de Jeamilton.

POUCA REPRESENTATIVIDADE


Se nenhum desses candidatos retirar a pré-candidatura indo até a convenção e registrando seus nomes para a disputa, poderemos ter, em 15 de novembro, a eleição de um prefeito com 30% ou menos dos votos válidos. Será um dos prefeitos de menor representatividade política da história política de Maracaju.

VEREADOR DE CORGUINHO

Depois de ser vice-prefeito por suas ocasiões e prefeito por dois mandatos, o corretor de imóveis Dalton de Souza Lima aceitou o resultado da convenção do seu partido, o MDB, e saiu candidato a vereador no município de Corguinho, a cerca de 100 km da Capital. Dizem os entendidos de que deverá ser o vereador mais votado da história daquele município. Veremos!

VIVA O PORCO!


Hoje vamos atropelar a gambazada que, ciente do que vai acontecer, já fez um acordo com a Neo Química, fabricante de medicamentos e não terá problemas para o tratamento das muitas feridas que restarão da passagem da porcada sobre os gambás. 

E viva o Porco!