STF conclui julgamento e absolve deputado Vander Loubet por unanimidade - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

21/08/2020

STF conclui julgamento e absolve deputado Vander Loubet por unanimidade


Vander era acusado no âmbito da Operação Lava Jato

Deputado federal Vander Loubet (PT). (Câmara dos Deputados)


O julgamento iniciado na última sexta-feira (14) pelo STF (Supremo Tribunal Federal) foi concluído hoje (21) e terminou com absolvição do deputado federal Vander Loubet (PT), de acusações no âmbito da Operação Lava Jato.

Na semana passada, o relator ministro Edson Fachin foi o primeiro a se manifestar votando pela total absolvição do parlamentar. “Ante o exposto, porque não comprovados os fatos narrados, julgo improcedente a denúncia para (i) absolver os acusados Vander Luiz dos Santos Loubet e (…) com fundamento no art. 386, II, do Código de Processo Penal; e (ii) absolver os acusados Vander Luiz dos Santos Loubet (…) no tocante às acusações remanescentes”, votou.

Acompanhando Fachin, o revisor da ação, ministro Celso de Mello, reforçou a inocência do deputado diante das acusações. “Desse modo, e na condição de Revisor, manifesto- me de pleno acordo com o eminente Ministro Relator na resolução desta causa penal, julgando improcedente a presente ação penal e decretando, em consequência, a absolvição de todos os réus, com apoio no art. 386, incisos II e VII, do Código de Processo Penal, eis que o Ministério Público não se desincumbiu do ônus de comprovar, para além de qualquer dúvida razoável, os fatos constitutivos da acusação penal que deduziu.”, pontuou em seu voto Celso de Mello.

Nesta sexta (21), votaram os ministros Carmém Lucia, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes, também pela absolvição de Vander, seguindo ao posicionamento dos primeiros ministros.
Desfecho

Acusado pela Operação Lava Jato pelo suposto recebimento de propina, o parlamentar sul-mato-grossense viu sua vida virar de pernas para o ar em março de 2015, quando as acusações foram noticiadas pela mídia nacional. Desde então, apesar de sua inocência, Vander passou a ser alvo de agressões verbais e discursos de ódio nas mídias sociais e em locais públicos.

“Apesar de toda a turbulência política e pessoal e os prejuízos que essa acusação da Operação Lava Jato causou a mim e à minha família, sempre defendi a verdade e jamais deixei de confiar no Poder Judiciário Brasileiro. Sabia que o andamento da ação revelaria e comprovaria a minha inocência, como de fato aconteceu”, afirma o deputado.

“Aos amigos e amigas, que sempre me confiaram sua solidariedade, e ao povo sul-mato-grossense, que me reelegeu em 2018, quero externar minha sincera gratidão e reafirmar o compromisso de continuar trabalhando pelo bem estar da nossa população, como sempre trabalhei, desde o primeiro dia no qual fui investido em um cargo de natureza pública”, conclui Vander.

Fonte: Mídiamax