Participação popular poderá salvar vidas e ajudar restaurar monumento da Capital - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

05/08/2020

Participação popular poderá salvar vidas e ajudar restaurar monumento da Capital

Campanha “Do Mesmo Sangue” é realizada pelo Sicredi, em parceria com Hemosul e Sectur

©DIVULGAÇÃO
A união e a solidariedade são os principais objetivos da campanha Do Mesmo Sangue, lançada na manhã desta quarta-feira (05), em Campo Grande. A ação inédita é promovida pelo Sicredi, em parceria com o Hemosul e Sectur e apoio da Prefeitura de Campo Grande e SES/MS e incentiva a doação de sangue, ato que pode salvar muitas vidas, em especial neste momento de pandemia.

Para estimular a participação popular, a campanha aliou ao projeto, o Monumento das Araras, um dos principais cartões postais de Campo Grande. Desde o último dia 31, a arara vermelha está pintada de branco e as cores irão voltar de acordo com a doação de sangue. A cada mil bolsas de sangue, uma parte da arara será colorida e a meta é coletar ao menos 5 mil bolsas de sangue.

A data escolhida para o lançamento da campanha é também alusiva ao Dia Nacional da Saúde, celebrado neste dia 05 de agosto, reforçando o reconhecimento a todos os profissionais da área que se dedicam a salvar vidas.

“Agosto é um dos meses mais difíceis para o Hemosul, com a queda das doações de sangue. Levando em conta ainda este período de pandemia, o Sicredi decidiu estimular a doação deste material tão importante, aliando a ação a este ponto turístico da cidade, lembrando que a participação ajudará no processo de restauração do monumento e principalmente, poderá salvar vidas”, explicou Ivan Pires, vice-presidente do Sicredi União, MS/TO e Oeste da Bahia.
©DIVULGAÇÃO
Segundo o prefeito Marquinhos Trad, a iniciativa mostra o comprometimento da cooperativa com Campo Grande, como é importante criar cada vez mais métodos para ajudar as pessoas e esta ação é um deles. Ainda de acordo com Trad, o Sicredi mais uma vez dá exemplo de cuidado e amor à cidade.

A demanda por doações é contínua no Hemosul e a campanha deve fortalecer este importante gesto, como destaca a coordenadora do Hemocentro, Marli Vavas.

“O Hemosul é o elo entre o doador e o paciente e precisamos da sensibilidade do doador para atender a quem necessita. Esta campanha veio abrilhantar nossa causa”, avalia.

O Monumento das Araras tem 10 metros de altura e foi construído em 1996, na Praça União, pelo artista plástico sul-mato-grossense Cleir, que ficará responsável pela restauração da arara vermelha. 

Para o titular da Sectur, Max Freitas, a ação também é um presente para a Capital, que no próximo dia 26 celebra seus 121 anos.

“Vamos conseguir retomar a cor da arara com a participação de todos. Por meio desta obra de arte, fazemos um apelo à população para ajudar por meio da doação de sangue e confiamos que toda Campo Grande vai participar, celebrando em conjunto também o aniversário da nossa cidade”, destaca o secretário.

As doações de sangue podem ser realizadas diretamente no Hemosul da Capital, localizado na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 1304 e nas unidades de coleta no estado, Dourados, Ponta Porã, Três Lagoas, Paranaíba e Coxim.

Devido a pandemia de Covid-19, as doações podem ser agendadas, evitando aglomerações. Vale lembrar que o Hemosul toma todas as medidas de segurança para a doação. Mais informações e agendamentos pelo (67) 3312-1516, 1529 ou WhatsApp 99298-6316.

ASSECOM