Com apoio de BDM Digital e Grupo Impacto, jornalista lança o romance “Capricho do Destino”, seu primeiro livro - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

31/08/2020

Com apoio de BDM Digital e Grupo Impacto, jornalista lança o romance “Capricho do Destino”, seu primeiro livro

Registro do momento em que foi autorizada a impressão do livro Capricho do Destino _ Vandré Cavalheiro


O romance “Capricho do Destino”, primeira obra literária do conhecido jornalista sul-mato-grossense Jota Menon, deverá ter lançamento confirmado ainda para este ano, graças ao apoio cultural oferecido pelos empresários Urandir Fernandes de Oliveira, diretor da BDM Digital, a primeira Criptomoeda de Mato do Grosso do Sul, e Eli Sousa, diretor do Grupo Impacto de Comunicação.

A autorização para a impressão gráfica do livro foi dada na manhã de hoje, 26 agosto, durante reunião entre o pesquisador Urandir Fernandes e seus assessores, o empresário Eli Sousa e o jornalista Jota Menon.

Na reunião realizada na sede do Grupo Impacto de Comunicação, Urandir que também é diretor e pesquisador do Instituto Dakila Pesquisas, afirmou que, após o lançamento do romance, vai determinar a formação de um grupo estudos com a finalidade de analisar a viabilidade econômica e cultural de produzir um filme com base no conteúdo de “Capricho do Destino”.

“Acompanho o trabalho do Jota Menon ao longo dessas mais de duas décadas que realizo pesquisas no Mato Grosso do Sul e conheço a qualidade de suas reportagens enquanto jornalista. Agora estamos desfrutando a sua incrível sensibilidade criativa no mundo literário através desse romance que tem tudo para ser tornar um fenomenal sucesso literário” avaliou o diretor do BDM Digital e do Instituto Dakila que tem sua base de pesquisas no Morro da Boa Sorte no município de Corguinho.

 A capa do romance “Capricho do Destino”,
grafite do multiartista Paulo Prado
O radialista Eli Sousa afirmou que se sentia suspeito em tecer comentários sobre o jornalista Jota Menon a quem considera como um irmão. “Ele chegou para somar conosco no ano de 1992, portanto há mais de 28 anos. Qualquer elogio que eu faça a ele será pouco para dimensionar o respeito que dedico a ele enquanto profissional e amigo” afirmou.A capa do romance “Capricho do Destino”, grafite do multiartista Paulo Prado

O LIVRO – O romance “Capricho do Destino” foi ambientado em Rancho Alegre, uma pequena cidade da Região Norte Pioneiro do Estado do Paraná, onde o jornalista Valdovir José Menon, o Jota Menon, passou a sua infância com sua família e cursou o primário/ginásio (Ensino Fundamental) e parte do Segundo Grau (Ensino Médio).

Com capa e ilustrações internas à base de grafites de autoria do cantor, compositor, escultor e artista plástico Paulo Prado (leia-se Paulo do Mercadão), indiscutivelmente um dos artistas mais completos do nosso Estado, a diagramação e arte final da obra ficou a cargo do arte-finalista Claudemir Paes Silva, o Mi, integrante do Grupo Impacto de Comunicação.

Sobre o romance, o jornalista Sebastião de Oliveira Barbosires, um dos apresentadores da obra, afirma que “o autor consegue desenvolver a história no tempo passado, no tempo presente e no tempo futuro. Ele é senhor absoluto de todas as ações de seus personagens e se dá ao luxo de contar, antes do desfecho final, o fim de cada um dos seus personagens sem, contudo, matar o interesse do leitor em saber como os “caprichos do destino” se farão presente na vida – ou na morte – de cada um deles”.

O prefácio do romance ficou sob responsabilidade de um dos mais aplaudidos literatos de nosso Estado, Reginaldo Alves de Araújo, ex-presidente da Academia Sul-mato-grossense de Letras. Reginaldo, entre outras citações, afirma que “neste belo livro de Jota Menon onde vagueia, em deslumbre, uma trama incendiária e comovente, há de se perceber uma grandeza na narrativa e uma capacidade indelével de nocautear o leitor com seu impacto dramático”.

Escritor e publicitário, o presidente da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, Henrique Alberto de Medeiros Filho é enfático ao dizer em comentário para as orelhas da capa que Jota Menon, “neste seu belíssimo romance-novela, não deixa cafezal sobre cafezal, armazém sobre armazém, bilhar sobre bilhar pelas estradas do interior (numa lindíssima locação de um meio rural brasileiro que traz os hábitos arraigados e sórdidos do comportamento das famílias e suas relações). Casos fortuitos, extraconjugais, conjugais; as dores da submissão feminina; a canalhice masculina sob o manto do poder; o que existe de dissimulações, loucas reações, aventuras e fatalidades se encontram nos destinos traçados pelo autor”.

Já o jornalista e escritor Edson Moraes, em apresentação do romance, escreve que “Jota Menon conta muitas histórias em uma, de um único ventre inspirador, assanhando nossa curiosidade a cada linha de seu texto intimista acaboclado, com cheiro de terra, pingado de suor e derramando-se nas goteiras do tempo. Um tempo de espingarda rabo de cutia, de amansador de burro brabo, de lampião e querosene, da venda e da paçoca socada no pilão. Um tempo em que se ouvia a voz da alma e o silêncio da noite depois da orquestração dos crepúsculos apassarinhados”.

Outro momento da reunião em que foi autorizada a impressão do livro Capricho do Destino _ Vandré Cavalheiro
LANÇAMENTO – O autor do romance “Capricho do Destino” ainda não definiu a data do lançamento do livro, mas adiantou que ocorrerão dois eventos tipo “noite de autógrafos”, sendo o primeiro em data e local a serem confirmados e o segundo, alguns dias após o primeiro, no Bairro Monte Castelo, em um barzinho localizado na avenida que recebe o nome do bairro.







SOBRE O BDM DIGITAL – O BDM Digital foi lançada oficialmente no último dia 18 de maio sendo que o seu principal diferencial é possuir plataforma própria, 100% desenvolvida em território nacional.

Desenvolvido pela Associação Dakila Pesquisas, o BDM Digital visa oferecer à sociedade um mecanismo sólido e eficaz na promoção do desenvolvimento econômico e social. Um dos principais objetivos é aliviar alguns setores governamentais, no que diz respeito ao acesso de recursos financeiros, de modo que produtores, pequenos e grandes empresários, autônomos e corporações obtenham mais facilidades para atender suas demandas. Além destes setores, toda a população pode se beneficiar do BDM Digital para aumentar sua renda mensal, utilizando-se dos diversos recursos e ferramentas que ela oferece.

“A vantagem de ter um blockchain próprio para o BDM Digital é não sofrer interferência de bancos, de governos, nem de ninguém que venha fazer especulação para aumentar ou diminuir o valor da moeda. Por esta razão decidimos desenvolver nossa própria plataforma, a primeira 100% nacional, para trazer mais segurança aos investidores”, afirma o idealizador da criptomoeda, Urandir Fernandes de Oliveira, presidente da Associação Dakila Pesquisas, cujo foco primordial é o desenvolvimento científico e a inovação tecnológica.

Outro diferencial do BDM Digital é ter nascido com patrimônio agregado. “Esta criptomoeda conta com o suporte de um grupo formado por milhares de pessoas no Brasil e no exterior, patrimônios e tecnologias que servem de lastro de valor agregado `a moeda”, esclarece Urandir.

No dia 19 de abril, o BDM Digital foi lançado internamente para os associados da Dakila Pesquisas pelo valor de R$ 3,00 cada unidade da moeda. O valor da cotação na data do lançamento nacional, 18 de maio, já era de R$ 4,25. A valorização se dá de acordo com a procura, movimentação, volume e principalmente o patrimônio agregado.

PLATAFORMA SIMPLES E COMPREENSÍVEL – Criada pela equipe do Centro Tecnológico Zigurats (CTZ), que faz parte da Dakila Pesquisas, a plataforma do BDM Digital conta com a tecnologia mais avançada que existe e oferece serviços como transferências, depósitos, extratos, saques, compras, entre outros recursos.

“Essa nova plataforma é bem mais simples e compreensível de se manusear do que os já popularizados aplicativos de bancos convencionais e outras criptomoedas, explica Urandir. A criação do blockchain começou em 2018 com foco na segurança, na simplificação e na facilidade de utilização.

Disponível para Android, IOS (iPhone), Linux, Macintosh e Windows, o app já está funcionando com o BDM, Real, Euro e Dólar, todos na versão digital, agregados ao sistema de saques e depósitos.

A plataforma pode ser utilizada por pessoas físicas, jurídicas, autônomos, órgãos do governo e todos aqueles que queiram transacionar seus produtos com suas próprias moedas digitais. Qualquer pessoa ou empresa que baixar o aplicativo não precisa se cadastrar, basta instalar e começar a utilizar de imediato. Para baixar o app BDM Digital acesse: http://www.bdmdigital.com.br/aplicativos/.

SOBRE O GRUPO IMPACTO – O Grupo Impacto de Comunicação é formado por empresas ligadas ao mundo da comunicação social nas áreas impressa, online, radiofônica e em mídias sociais.

Integram o grupo o jornal Impacto MS, que encontra com suas edições impressas suspensas devido à pandemia do Novo Coronavírus; Revista Impacto; jornal online www.impactoms.com; painéis de led instalados em Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Bonito; rádios Diamante FM, de Corguinho e Rochedo, e Segredo FM, de Campo Grande, além de canais no Facebook e no Youtube.

Fonte: Revistaimpacto