CAPITAL| Audiência termina sem acordo e Campo Grande permanece sem lockdown - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

07/08/2020

CAPITAL| Audiência termina sem acordo e Campo Grande permanece sem lockdown

Marquinhos Trad teve postura veemente contra a medida sugerida pela Defensoria Pública

©Leonardo de França
A audiência agendada para esta sexta-feira (7) entre Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul e Prefeitura de Campo Grande, a fim de discutir a aplicação de um lockdown no município como forma de conter o avanço da pandemia de coronavírus, terminou sem acordo. Com isso Campo Grande segue sem a implantação da medida.

Ao chegar para a audiência, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) voltou a afirmar que Campo Grande ainda não precisa adotar o método, pois têm UTIs o suficiente e que cidade tem uma das menores taxas de letalidade do país. Durante depoimento ao juiz, Marquinhos teve postura veemente contra a medida.

“Não vejo nenhum motivo para ter lockdown em Campo Grande. As medidas restritivas foram tomadas no tempo devido, hora regulamos, hora restringimos, hora tornamos mais flexível, mas sempre com regras, afinal de contas volto a repetir, nunca a nossa cidade não esteve descoberta da prevenção contra o coronavírus”, disse Marquinhos antes da audiência.

De acordo com o defensor público, Fábio Rombi, o ideal para Campo Grande seria um total de 80% a 84,9% de leitos ocupados, o que não acontece atualmente. No entanto, o prefeito rebateu, afirmando que a Capital tem capacidade de ter mais leitos e que atualmente muitos estão vazios.

Fonte: Midiamax
Por: Mariane Chianezi e Ranziel Oliveira