Assassino de policial civil tem ao menos 13 passagens, inclusive por sequestro - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

21/08/2020

Assassino de policial civil tem ao menos 13 passagens, inclusive por sequestro

Os assassinos, Carlos Batista Lima, 28 anos, e Mateus Fernandes de Araújo, 21 anos, foram presos em flagrante logo após o crime

Carlos (esquerda) e Mateus (direita) foram presos em flagrante minutos depois após o crime  ©REPRODUÇÃO
Os dois bandidos envolvidos na tentativa de assalto que terminou na morte do policial civil Joel Benites da Silva, 53 anos, na tarde de ontem (20), tem várias passagens pela polícia. Carlos Batista Lima, 28 anos, e Mateus Fernandes de Araújo, 21 anos, foram presos em flagrante logo após o crime.

Segundo a Polícia Civil, Carlos é fichado na polícia desde quando era adolescente por crimes como resistência, desobediência, falsa identidade, homicídio, injúria, vias de fato, sequestro, roubo, lesão corporal, furto, desacato, falsidade ideológica e roubo. São pelo menos 13 passagens. Na Justiça, o rapaz respondeu a 7 processos por ato infracional quando adolescente, depois de adulto tem uma medida protetiva na Vara da Violência Doméstica por agressão a ex-namorada e duas ações penais por furto e roubo majorado já julgadas.
Movimentação de policias civis e militares no local onde ocorreu o crime ©Henrique Kawaminami
Mateus, que também tem várias passagens por crimes como tráfico de drogas, corrupção de menores, receptação, vias de fato, responde a processo na Justiça por tráfico. Os dois criminosos vão responder por latrocínio - roubo seguido de morte. Ele está preso na carceragem da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos). Já Carlos também foi ferido pelo policial e está internado na Santa Casa, sob escolta policial. O estado de saúde dele não foi informado pela unidade. Os dois vão passar por audiência de custódia amanhã no Fórum.

Caso - Joel fazia parte do GOI (Grupo de Operações e Investigações) e integrava os quadros da Polícia Civil há 30 anos. Ontem, o policial estava de folga quando foi abordado pelos bandidos na Rua Tupi, esquina com Potiguaras, no Jardim Leblon. Conforme o Corpo de Bombeiros, os disparos atingiram a vítima na região do tórax. O policial recebeu os primeiros atendimentos ainda no local e foi levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do mesmo bairro, em estado grave, mas não resistiu. Ao reagir a tentativa de assalto, o policial também atirou contra os dois homens, presos depois. Toda a ação dos criminosos foi gravada por câmeras de segurança.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Por Viviane Oliveira