TRAGÉDIA| “Matei criança”, ouça o áudio que segurança mandou à irmã antes de suicídio - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

13/07/2020

TRAGÉDIA| “Matei criança”, ouça o áudio que segurança mandou à irmã antes de suicídio

Rosemir Fernandes de Souza disse que não estava arrependido e pediu orações antes de atirar na própria cabeça em altar de igreja

Rosemir Fernandes, em foto de maio de 2019 (Foto: Reprodução)
O segurança Rosemir Fernandes de Souza, 52, que na noite deste domingo (12) matou a ex-mulher Lucineide Maria dos Santos Ortega, 51, e atirou em outras sete pessoas, deixando cinco delas feridas, enviou áudio para a irmã, momentos antes de se matar com tiro na cabeça, no altar da Igreja São José Operário, em Dourados, a 233 km de Campo Grande.

“Estou se matando agora. Me arrependo muito do que eu fiz. Me arrependo não, a raiva que eu tô é melhor eu fazer isso. Só que eu matei criança. Não era pra ter matado”, afirmou. Ele pede orações e que a mãe não chore muito.

Ouça o áudio completo:



Em seguida, Rosemir entrou na igreja, que estava aberta para entrega de hóstia aos fieis, se dirigiu até o altar e disparou um tiro na cabeça. A moto dele foi encontrada estacionada em frente à igreja.

No áudio é possível perceber que Rosemir tinha pelo menos outro alvo, que ele não conseguiu encontrar. A arma do crime, revólver calibre 38, foi encontrado do lado do corpo.

Luzia Gonçalves Ortega, 32, a filha dela Laura Gonçalves de Paula, 10, e Beatriz Valenzuela da Costa, de 4 anos de idade, neta de Lucineide, estão internadas em estado grave. A menor está na UTI.

Já receberam alta Dhionatan Santos Ortega, 20, filho de Lucineide e que foi baleado na perna, e outra ex-mulher de Rosemir, Sônia Regina Barros Galvão, 42, que levou tiros de raspão no rosto.

O segurança também tentou matar o advogado Teodoro Ximenes. Ele conversava com um amigo quando Rosemir chegou e atirou, mas os dois se jogaram no chão e não foram atingidos. 

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS
Por: Helio de Freitas, de Dourados