SAÚDE| Cassems aborda mitos e verdades sobre a asma - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

10/07/2020

SAÚDE| Cassems aborda mitos e verdades sobre a asma

©DIVULGAÇÃO
A asma é uma doença crônica e inflamatória, de causa alérgica, que leva a falta de ar, fadiga e chiado no peito. Quando não é tratada de forma adequada, pode provocar agravos na vida do paciente, como insônia e fadiga. De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) do Ministério da Saúde e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), essa patologia atinge 6,4 milhões de brasileiros acima dos 18 anos. Para falar sobre os mitos e verdades em relação ao tema, a Cassems convida o médico Henrique Dorsa.

Asma tem cura?

É mito. A asma não tem cura. Depois que a doença se desenvolve, o paciente tem que passar por tratamento e acompanhamento médico ao longo da vida e, desta forma, temos o controle dos sintomas.

Fatores externos podem piorar o quadro da asma?

Verdade, o paciente com asma deve ter isso em mente. Para ter o controle da doença, é necessário afastar os elementos que causam a crise asmática. Por exemplo, o paciente que tem alergia à poeira, deve manter a casa sempre limpa. 

Só devo acionar o médico em casos de crise?

Mito. Esse é um erro muito comum que os pacientes com asma cometem, ao buscarem assistência médica apenas durante uma crise. A doença deve ser tratada no consultório, fazendo o controle constante e diário, com medicação e medidas ambientais em casa. O ideal é realizar acompanhamento com médico generalista e pneumologista, que é o médico especializado nas doenças do pulmão, como a asma. 

Asma em adultos pode estar relacionada à insônia?

Verdade. Uma das manifestações mais comuns da asma são os sintomas respiratórios no período noturno. Um dos critérios para avaliar se a doença está controlada, ou não, é a presença desses sinais durante à noite e, com isso, pode sim piorar o sono do paciente asmático. 

A bombinha da asma vicia?

Mito. O paciente asmático tem que fazer o tratamento adequado, diariamente, por algum tempo, e a maioria dos medicamentos para a asma vem nesse formato inalatório, que é a bombinha, mas não há nenhuma evidência de que a pessoa vai ficar viciada na bombinha de asma. 

A atividade física faz bem para pessoas asmáticas?

Verdade. É bom que pessoas asmáticas pratiquem exercícios físicos. É comum o paciente asmático evitar o exercício, por medo de agravar os sintomas da doença, mas é preciso sim que ele pratique atividades físicas, sempre sob a supervisão de um profissional de Educação Física qualificado e a orientação de um médico. A atividade física diária libera endorfinas, sensação de bem-estar pessoal, e o indivíduo terá a melhora da parte respiratória, também.

ASSECOM