PANDEMIA| Mato Grosso do Sul já tem mais de 100 mortos pelo novo coronavírus - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

02/07/2020

PANDEMIA| Mato Grosso do Sul já tem mais de 100 mortos pelo novo coronavírus


A Secretaria de Estado de Saúde (SES) anunciou, com pesar, o registro de mais 14 óbitos por coronavírus em Mato Grosso do Sul nesta quinta-feira (02.07). Com isso, o Estado contabiliza 105 vítimas da doença.

A 92ª vítima é uma mulher, de 55 anos, moradora de Corumbá, sem comorbidades prévias. Há relato na declaração de óbito de diabetes. Ela estava internada na Santa Casa de Corumbá desde 19 de junho e foi encaminhada para a UTI em 22 de junho. Faleceu no dia 1º de julho.

Já a 93ª vítima é um homem de 78 anos, residente de Campo Grande. Ele sofria de doença cardiovascular crônica e doença neurológica crônica. Iniciou os sintomas em 8 de junho. Estava internado desde 12 de junho na UTI no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul. Faleceu também no dia 1º.

A 94ª vítima era uma mulher de 66 anos, moradora de Campo Grande, e que sofria de diabetes. Início dos sintomas em 26 de junho. Internou em 28 de junho em Hospital de Campo Grande e faleceu no mesmo dia. Diagnóstico positivo para Covid-19 em 1º de julho.

E a 95ª vítima é um homem de 77 anos, morador de Três Lagoas, que sofria de hipertensão. O início dos sintomas foi em 4 de junho. Ele estava internado em UTI desde 7 de junho. O diagnóstico positivo para Covid-19 foi no dia 13 de junho. Faleceu no dia 1º de julho.

Uma mulher de 85 anos foi a 96ª vítima. Ela é residente de Nova Andradina e sofria de diabetes. O início dos sintomas foi em 18 de junho. Ela estava internada desde 22 de junho. o diagnóstico positivo para Covid-19 foi em 26 de junho. Ela faleceu nesta quinta-feira, 2 de julho.

A 97ª vítima é um homem de 50 anos, residente de Douradina e sem comorbidades relatadas. O início dos sintomas foi em 31 de maio. Ele estava internado desde 9 de junho e transferido para a UTI em 18 de junho. O diagnóstico positivo de Covid-19 data de 8 de junho. Faleceu nesta quinta-feira (2.7).

Um homem de 66 anos, residente de Dourados, foi a 98ª vítima. Sofria de doença cardiovascular crônica e diabetes. Início dos sintomas em 27 de junho. Internado no mesmo dia e transferido para a UTI em 28 de junho. Diagnóstico para Covid-19 por teste rápido. Faleceu neste 2 de julho.

A 99ª vítima é uma mulher de 79 anos, residente de Batayporã. Sofria de diabetes e hipertensão. Início dos sintomas em 22 de junho. Internada na UTI desde 26 de junho. Faleceu em 1º de julho. Diagnóstico positivo para Covid-19 em 2 de julho.

A 100ª vítima é uma mulher, de 75 anos, residente de Sonora. Sem comorbidades relatadas. Início dos sintomas em 27 de junho. Estava internada desde 29 de junho. Faleceu em 01 de julho. Diagnóstico positivo para Covid-19 em 2 de julho.

A 101ª vítima é um homem de 77 anos, morador de Dourados. Início dos sintomas em 20 de junho. Foi internado no Hospital da Vida em Dourados e faleceu no mesmo dia. A coleta de amostra teve vazamento durante transporte, não sendo possível realizar diagnóstico laboratorial. Optou-se, em conjunto com a equipe de Dourados, por coletar amostras dos contatos intradomiciliares para fechamento do caso. Considerando dois resultados positivos por RT-PCR de contatos intradomiciliares do óbito, é o primeiro caso e óbito confirmado Covid por critério vinculo epidemiológico.

A 102ª vítima era uma mulher, de 84 anos, moradora de Cassilândia e sofria de diabetes. Início dos sintomas em 19 de junho. Estava internada desde 26 de junho. Diagnóstico positivo para Covid-19 em 2 de julho. Faleceu em 2 de julho.

Uma mulher de 75 anos, moradora de Campo Grande, foi a 103ª vítima. Ela sofria de doença cardiovascular crônica e obesidade. O início dos sintomas foi em 25 de junho. Ela estava internada em UTI desde 28 de junho. O diagnóstico positivo para Covid-19 foi nesta quinta-feira, 2 de julho, data em que faleceu.

A 104ª vítima era um homem de 67 anos, morador de Coxim. Sofria de Doença cardiovascular crônica e diabetes. Início dos sintomas em 14 de junho. Estava internado desde 29 de junho. Diagnóstico positivo para COVID-19 por teste rápido. Faleceu em 02 de julho.

A 105ª vítima era uma mulher de 50 anos, moradora de Campo Grande. Ela sofria de Doença cardiovascular crônica, diabetes e asma. Início dos sintomas em 24 de junho. Estava internada em UTI desde 26 de junho. Faleceu em 28 de junho. Diagnóstico positivo para COVID-19 em 02 de julho.

Sendo assim, Mato Grosso do Sul registra 17 óbitos em Campo Grande, 6 em Três Lagoas, 3 em Batayporã, 2 em Paranaíba, 2 em Vicentina, sendo que um faleceu no Estado de São Paulo, 28 em Dourados, sendo 1 douradense que morreu em Tocantins, 2 óbitos de Brasilândia, 4 em Itaporã, 1 em Iguatemi, 2 em Rio Brilhante, 1 em Sidrolândia, 4 em Ponta Porã, 11 em Corumbá, 2 em Douradina, 1 em Deodápolis, 1 em Anastácio, 3 em Itaquiraí, 3 em Guia Lopes da Laguna, 1 em Glória de Dourados, 1 em Naviraí , 3 em Fátima do Sul, 2 em Amambai, 2 em Nova Andradina, 01 Cassilândia, 01 em Coxim e 01 Sonora.

Por: Aírton Raes, SES