NUTRIÇÃO FORA DA CAIXA: 14 motivos que você deve evitar gordura trans - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

31/07/2020

NUTRIÇÃO FORA DA CAIXA: 14 motivos que você deve evitar gordura trans

Do ponto de vista nutricional, o consumo de gordura trans apresenta vários riscos potenciais à saúde e, aparentemente, nenhum benefício nutricional conhecido.


O consumo de ácidos graxos da dieta tem sido associado ao desenvolvimento de uma série de fatores de risco que podem causar doenças crônicas, e inúmeros prejuízos à saúde das pessoas, impactando os níveis de colesterol, enfraquecendo o sistema imunológico e contribuindo para a formação de placas fibrogordurosas (ateromas) que favorecem o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, entre outras.

PARA QUE SERVEM AS GORDURAS TRANS

As gorduras trans, formadas durante o processo de hidrogenação industrial, têm o objetivo de transformar óleos vegetais líquidos e instáveis quimicamente em gorduras sólidas e mais estáveis à temperatura ambiente. Dessa forma, essas gorduras podem ser utilizadas para melhorar a consistência dos alimentos; dando mais crocância; melhorar a textura, isto é, melhorar, significativamente as características físicas e sensoriais dos alimentos, incorporando mais sabor aos alimentos e conferindo-lhes maior palatabilidade. 


Na indústria, outro aspecto relevante patrocinado pelo efeito dessas gorduras é o prolongamento do prazo de validade dos produtos, que, em última instância, resultam em maior tempo de vida de prateleira desses alimentos. Elas são também mais baratas, estão mais disponíveis e são de mais fácil manuseio. Por fim, elas reduzem o tempo de cozimento dos produtos, pois conferem ponto de fusão mais elevado aos óleos.

ALIMENTOS QUE CONTÊM GORDURA TRANS:

Os principais e mais presentes produtos que contêm gordura trans são os seguintes alimentos industrializados: sorvetes; batatas-fritas; salgadinhos de pacote; donuts; cremes vegetais; produtos de pastelarias; massas de bolos e tortas; biscoitos recheados e/ou amanteigados; margarinas sólidas ou cremosas; frituras em geral; pipoca de micro-ondas; sanduíches fast food; cookies; produtos de confeitaria e padaria; nuggets; pizzas; tortinhas doces. Enfim, todos os produtos ou alimentos com esse tipo de óleo em seu processamento.

AQUI ESTÃO 14 MOTIVOS QUE VOCÊ DEVE EVITAR GORDURA TRANS:




1) Aumento da permeabilidade intestinal (destroem com a barreira protetora do intestino);

2) Aumento do processo inflamatório por ativação de TLR4 e TLR2;

3) Disbiose intestinal, redução da microbiota boa, e aumento da microbiota ruim;

4) Formação secundária de ácido tauroquólico contribuindo para a disbiose e
resposta imune inflamatória, via Th1;

5) Estresse no Retículo Endoplasmático com ativação de UPR que promove
morte celular;

6) Redução do gasto energético pós prandial (quando comparada com o azeite
de oliva);

7) Inibição do escurecimento do tecido adiposo branco (que influencia
diretamente no gasto energético basal);

8) Aumento do risco para Câncer de mama. Aumenta o potencial metastático
das células iniciadoras de metástases CD36 +;

9) Aumento do risco para diabetes e resistência à insulina;

10) Piora do quadro de Esteatose Hepática (evolução para Esteato Hepatite);

11) Redução da ação do PGC-1α (um marcador da biogênese mitocondrial);

12) Indução do estresse oxidativo do tecido adiposo;

13) Expressão de genes relacionados ao metabolismo lipídico para obesidade
no intestino delgado distal;

14) Geram respostas pró inflamatórias no hipotálamo produzindo resistência
molecular e funcional aos hormônios anorexigênicos insulina e leptina.

Dica da nutri: 

O maior problema para sua saúde e emagrecimento é a frequência e a quantidade de vezes que esses alimentos estão presente no seu dia a dia? Então agora pare e faça essa reflexão. Quantas vezes no dia, na semana e no mês estou comendo alimentos que contem gordura trans?


Dra. Thamara Bruneri Fialho
Nutricionista e Coach de Emagrecimento
iente