Na Capital, somente 10% dos leitos clínicos e de UTI são ocupados por pessoas que vem do interior - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

26/07/2020

Na Capital, somente 10% dos leitos clínicos e de UTI são ocupados por pessoas que vem do interior

@ChicoRibeiro


Dados sobre a ocupação de leitos apresentados, neste domingo (26.07), mostram que para cada dez leitos, sejam clínicos ou de UTI, nove estão, em média, ocupados por campo-grandenses, tanto na rede pública como na rede privada.

As informações foram divulgadas pelo secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, e pela secretária-adjunta, Christine Maymone. “Apesar da ampliação de leitos, temos uma taxa altíssima de ocupação, de 96% na macrorregião de Campo Grande. Em leitos públicos da Capital, para tratamento clínico, temos 67 pessoas internadas, sendo 61% de Campo Grande, já na UTI do SUS dos 85 internados, 72 são campo-grandenses”.

Na live de hoje, Resende apresentou ainda os dados da rede particular, onde dos 70 internados, 69 são Capital, referente aos leitos clínicos. Na UTI, de 67 internados, 61 são de Campo Grande.

A Capital é hoje considerada o epicentro da doença. Dos 13 óbitos registrados em apenas 24 horas, cinco são de Campo Grande. Com 8.427 casos confirmados, o município ocupa o primeiro lugar no ranking estadual de casos de covid-19. Resende anunciou que nesta segunda-feira, o Governo do Estado, por intermédio da SES, fará a entrega de leitos de UTI no Hospital Universitário de MS.

Evolução da doença no Estado

Com 499 novos exames positivos em apenas 24 horas, o Estado registra, atualmente, 21.514 casos confirmados de coronavírus, segundo o boletim epidemiológico deste domingo. Deste total, 5.497 estão em isolamento social, 458 pessoas estão internadas, sendo 5 de outros estados. 247 pessoas estão internadas em leitos clínicos e 216 em leitos de UTI. Em Mato Grosso do Sul, 305 óbitos foram registrados por covid-19.

Os dados publicados desde 19 de maio têm como fonte de dados o sistema de informações oficiais Sivep Gripe e E-SUS VE, alimentado pelos municípios. Eles estão sujeitos a alterações.
Os casos suspeitos em investigação tiveram as amostras encaminhadas para o Lacen, onde será feito o exame para nove tipos de vírus respiratórios, incluindo influenza e coronavírus. O laboratório realiza os exames para Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Os resultados ficam prontos entre 24 a 72 horas, após o recebimento das amostras.
A Secretaria de Estado de Saúde publica o boletim epidemiológico referente às notificações de casos suspeitos de coronavírus (Covid-19) diariamente. As informações divulgadas pela Secretaria são os dados oficiais consolidados do Estado que são repassados ao Ministério da Saúde.
Acompanhe os boletins periódicos no link: http://www.vs.saude.ms.gov.br

Ana Brito, Subcom