AQUIDAUANA| Prisão de dois funcionários públicos, que roubaram milhões da Câmara Municipal, alerta para a existência de uma máfia município - Jornal Correio MS

LEIA TAMBÉM

Home Top Ad

29/07/2020

AQUIDAUANA| Prisão de dois funcionários públicos, que roubaram milhões da Câmara Municipal, alerta para a existência de uma máfia município


As investigações acreditam no envolvimento, inclusive de vereadores da atual legislatura e outras “autoridades”




As investigações prosseguem intensamente por parte da Polícia Civil e do Ministério Publico, depois da prisão de Lino Ferreira e Jeferson Machado, ambos contadores da Câmara Municipal de Aquidauana, as autoridades acreditam no envolvimento de outras pessoas, no desvio de tanto dinheiro dos cofres públicos, até por que a máfia da Câmara Municipal de Aquidauana, vem agindo já há mais de 10 anos.


Jeferson Machado, um dos integrantes da máfia.
Quando da gestão de Terli Garcia, como presidente daquela Casa de Leis, houve denúncias de recebimento de valores a maior por parte de vários vereadores. Na oportunidade o Ministério Publico, descobriu que alguns edis receberam diárias e outros valores de forma irregular. Esse processo está dormitando no Fórum da cidade, e com certeza, agora com a prisão destes dois funcionários deve vir à tona, até por que um dos acusados, já se dispôs fazer uma delação premiada, e disse que não vai pagar sozinho, por um crime, que tem o envolvimento de outras pessoas e muitos atuais vereadores e prés candidatos a uma cadeira na Câmara Municipal poderão ter suas candidaturas barradas por improbidade.

Lino Ferreira, outro preso

Mesmo por que a população, já não agüenta mais tanta impunidade e o desvio de tanto dinheiro publico, que deveria estar sendo usado, na educação, segurança, obras e especialmente na saúde dos moradores da cidade, que passa por uma situação caótica, principalmente durante esse período da pandemia da Covid19.

Porém, nos parece, que agora as autoridades “competentes” abriram os olhos e vão buscar e prender os verdadeiros responsáveis por tanta roubalheira em Aquidauana, até por que com certeza existem gente graúda envolvida nessa maracutáia, o Ministério Publico, com certeza vai colocar todo mundo na cadeia. A partir destas investigações, muitos prés candidatos, colocaram suas barbas de molho, por que pelo visto não terão condições de disputar o próximo pleito e ainda poderão parar na cadeia, pelo menos, é o que esperam as pessoas de bem desta cidade, que já não agüentam mais tanta impunidade.



A prisão de Jeferson Machado e Lino Ferreira, se deu a principio pelo desvio de recursos correspondentes aos descontos de valores de impostos de renda da folha de pagamento de servidores e membros do poder legislativo municipal, bem como pela prática de falsificação de documento público.

Mas as investigações apontam para outros canais de arrecadação fraudulentas, que também pode ter a participação de colegas de trabalho deles, e até vereadores da atual legislatura e ex vereadores.

Três (3) delegados e 12 investigadores da polícia judiciária estiveram envolvidos nesta etapa de investigação, mas outras autoridades estão sendo ameleadas, até pelo entendimento, de que o crime, é muito mais profundo do que se possa imaginar.

Entre 2007 a 2008 39 pessoas foram envolvidas por fraudes, entre servidores e oito vereadores. Na lista dos investigados, estavam parlamentares daquela gestão e da gestão anterior, além do então vice-prefeito, Vanildo Neves Barbosa, que gastou R$ 23,7 mil. Um dos mais consumistas era o vereador Woterly Alex Garcia que gastou quase R$ 70 mil com diárias.

A promotoria até que tentou colher provas para abrir um inquérito. As investigações não tiveram denunciante, segundo informações da promotoria de Aquidauana. O promotor José Maurício de Albuquerque foi obrigado a instaurar o procedimento de ofício, e ficou por isso mesmo, ninguém foi denunciado e muito menos preso. Porém, parece que agora a situação é diferente, e pelo menos dois envolvidos estão na cadeia e muitos outros também vão para trás das grades. Chegou à hora de a Justiça fazer uma limpeza geral na corrupção, que vem assolando Aquidauana há muito tempo. O povo acredita nos homens que defendem a justiça na cidade e está esperançoso.



Fonte: Redação TVgdsnews.